29.10.13

Tantos MEDOS!

Feelme/tantos MEDOS!

Tantos MEDOS. Agora acordo com eles e deito-me meio anestesiada!

Tenho MEDO de te perder, mesmo que se diga que apenas perdemos o que nunca tivemos,porque  eu sei que já te tenho por dentro e que mesmo não sendo meu, sinto-te como não julguei possível. Sinto que fazes parte do que talvez tenha sonhado e receio nunca conseguir viver.

Tenho MEDO de que nunca chegues a saber o quanto te quero, que mundos conseguiria percorrer para te dar tudo o que sou, para te ver sorrir e para te abraçar sempre que precises de me ter mais próxima de ti.

Se os meus medos servirem para que me conheça melhor, para que me sinta viva, para te ame até que me doa a alma, o coração e o corpo que ando a castigar fjá az tempo. Vou querer que os medos fiquem ainda mais algum tempo, que me ensinem a não querer carregar o mundo aos ombros e me dê a mim mesma o tempo que preciso para que os deixe de sentir.