16.7.14

Mesmo que eu queira...

Não sou somente eu, nada gira apenas em torno de mim, tudo o que eu desejo, sonho, movo, decido, tem e terá reflexos nos meus!



Desde que deixei de funcionar apenas com o meu "eu", no singular, querendo porque sim, desejando e olhando para o futuro, incluindo-me sem reservas, expectando e procurando, passei a medir e a pesar tudo com MUITO cuidado.

Não estou a usar desculpas, não me estou a refugiar para me proteger, estou sim a "explicar" que, e porque nada vem sem custos, também eu sou pressionada, por mim mesma, a minimizar os dados colaterais.

Se eu me restringir ao plano inicial, se não me desviar da rota antecipando os percalços, cuido dos meus e sou cuidada, caminho segura e termino os dias, a cada dia, com a certeza que mesmo dorida fiz o que era suposto. Eu não estou em 1º lugar, estou em 4º ...