30.3.16

O que quero de ti!

Feelme/O que quero de ti!


O que quero de ti, até já tenho, mas quero mais, muito mais e sei, sinto e pressinto, que apenas tu terás forma de me dar o que esperei, até quando não esperava para não desesperar!

O que quero de ti, é esse amor que me injectas e com o qual cobres cada aresta, todos os cantos e recantos de uma existência que começou, agora, a fazer sentido.

O que quero de ti, é que consigas sentir-me a querer-te da mesma forma, com a mesma intensidade com que fazes tudo, devolvendo cada sentimento, estando, inteira, de cada vez que precisares de mim, e esperando que precises, sempre.

O que quero de ti, é que me saibas sempre ler, que me continues a ver como consegues, usando cada pedaço da nossa história para escrever uma nova.

O que quero de ti, é que te sintas confortável, e te instales, na minha vida, a que passou a ser a tua.

O que quero de ti, foi o que descobri quando me descobriste e que mantenho, religiosamente, ligado a mim, ainda com muitos medos, mas apenas os que te poderão levar, porque tudo o resto domino eu.

O que quero de ti, digo-te e esforço-me para que o entendas, a cada dia, com cada som que as minhas palavras terão que carregar, porque esta sou eu, a mulher que sempre imaginaste ter.

O que quero de ti é tão simples, que os de alma mais vazia terão dificuldade em entender, mas eu sei que tu sabes, e sei, também, que terei de ti, tudo, sempre e para sempre.