11.9.16

Adeus!

pinterest.com/fra411 #b&w - Rain by Nina Masic on 500px:
Feelme/Adeus!Tema:Cartas de Amor!



Olá homem da minha vida,

Esta é a carta que nunca quis escrever, mas a haver destinatário, então que ele pudesse realmente entender, tudo, sem que eu tivesse que "cuspir" fogo, que ser amarga ou amargurada, apenas sendo eu, como sou em todos os percursos da minha vida.

Nunca duvidei da tua capacidade de me amares, mas percebi que a tua velocidade me iria deixar parada, a querer cada vez menos, a habituar-me ao pouco, a aceitar que não poderia vir de outra forma e isso meu querido, eu prometi que jamais me voltaria a fazer. Na verdade tudo passa por mim, o poder de decisão, a sabedoria em relação ao que me faz bem ou mal, até porque já são demasiados quilómetros de tempo em mim e comigo.

Nunca duvidei de que até quisesses mais, que os teus sonhos se cruzassem com os meus e que nos vislumbrasses numa felicidade que nunca conheceste, mas sonhar apenas será bom se passar a ser real, de contrário não passará disso mesmo e eu realizo os meus, tiro-os da lista e sigo para os seguintes. Nunca duvidei de que conseguisses ser o homem que eu preciso, daí ter insistido, e ter-te amado da forma que sentiste, mas fui mais eu do que tu.

Vou apenas lamentar que não estivesses pronto, que a tua forma de ver o mundo não fosse suficientemente realista, não para alguém da tua idade, não para quem já viu e sentiu tanto, não para quem deveria saber que o final está muito mais próximo do que o princípio e que DEVEREMOS, levar o melhor de nós e de quem nos conseguir amar.

Quem sabe, não nos voltamos a cruzar, não em 10 anos, mas numa outra vida e nos conseguimos encaixar. Quem sabe não encontras forma de estenderes a tua felicidade, porque é isso que quero que te aconteça, que continues a ser tão feliz quanto o sou eu, porque estou, como antes, em paz comigo e a saber que afinal sei amar da forma certa.

Desta vez é um adeus,

Lou