5.12.16

Dava IMENSO jeito!

Pinterest: @tatjanabuha ~♡》:
Feelme/Dava IMENSO jeito!Tema:Sentimentos!
Imagem retirada da internet



Dava IMENSO jeito gostar apenas de quem vale realmente a pena!

Lamento que ainda não se tenha inventado um GPS para o coração. Um dirigível, um localizador, ou outro aparelho qualquer, mas que funcionasse e que nos levasse, directamente, a quem nos pudesse manter mais felizes.

Olhamos, gostamos, queremos, antecipamos, por vezes demasiado, mas o que acontece, na realidade, ninguém sabe, nem como, nem porquê. Escolher e cair de amores por alguém, pode ser visto como o maravilhoso desconhecido, ou como o pesadelo em Elm Street (filme de terror para quem não viu), porque até nos sonhos nos deixamos matar e acordados conseguimos experienciar sensações e emoções que nos rasgam por dentro.

Não quero que considerem que apenas olho para o lado negro, porque a verdade é que o amor traz-nos forças que superam tudo, fornecendo-nos como que uma substância que nos entra no circuito e nos deixa num estado de graça. O amor provoca num orgasmo prolongado, deixando-nos com vontade de chegar ao ponto mais alto, capazes de nos superarmos e de conseguirmos sentir o que mais ninguém consegue. Mas como nada tem apenas uma interpretação e o que vejo eu, falhas tu em entender, é por isso tudo que acho que amar pode ser um presente que nos custará muito caro.

Sabes o que me IMENSO jeito? 

Era entender-te, saber o que pensas, o que queres da vida, o que quiseste de mim, o que te fez chegar e não ficar. Gostava de saber de que forma conseguiste seguir em frente, impedindo-te de sentir a dor que me magoa tanto e que pagava para que me fosse arrancada. Dava jeito não te ter amado, ter-te passado ao lado, não chegando a sentir, a mais, o que a ti pareceu tão difícil alcançar...

Se é verdade que nunca nos deveremos arrepender do que fazemos, pronto, eu farei um esforço para aceitar que pelo menos tentei, que senti e que consegui emoções que o teu sistema imunitário te nega, que fui muito mais inteira, em todos os percursos e que saí mais enriquecida.

Quem sabe também não inventarão um aparelho que injecte sentimentos a quem esteja tão empedernido, que amar se torne um esforço demasiado grande para que o consigam suportar!