Máquina de escrever!

janeiro 29, 2017

Feelme/Máquina de escrever!Tema:Me!
Imagem retirada da internet

Ainda me lembro das minhas primeiras palavras numa, agora, velha máquina de escrever!

A primeira que recebi foram os meus pais que me deram na Suiça e todas as minhas veias de "escritora", pareceram ter crescido perante a possibilidade de ter algo que se parecesse, minimamente, com um livro. Ainda consigo sentir as teclas debaixo dos meus dedos ávidos de completar algo, de dar vida a uma história com pedaços de mim r de parar os momentos que se atropelavam na minha mente, em forma de palavras. Escrevi várias, que ainda vou relendo, mas que não me atrevo a melhorar, ou a alterar. Agora que tudo em mim aponta para outras direcções, percebo que na realidade não podemos mudar o passado, nem devemos, porque por muito que não o desejemos, ele vai acabar por trilhar o nosso futuro.

Hoje as teclas são outras e as palavras jorram de forma mais consciente, intencional e verídica. Todas carregam a minha história, a minha vida e os meus sonhos, mais ou menos conscientes. Hoje não me refreio, nem controlo o que me jorra, imparável, mas a fazer sentido. Hoje sou um pouco mais "escritora" do que quando recebi a máquina de escrever e já vivi o bastante para que valha a pena documentar.

O que mudou? Não foi apenas a máquina de escrever, fui eu mesma!
Enviar um comentário

Pensamentos!

Com tecnologia do Blogger.