17.1.17

Vou voltar a tentar!

poppy drayton:
Feelme/Vou voltar a tentar!Tema:Me!
Imagem retirada da internet


Vou voltar a tentar e se não resultar, continuo a tentar!

Certas coisas e pessoas merecem e pedem para que seja assim. Mostram-nos o nosso melhor lado e conseguem que passemos a desejar ser da forma que nos viram. Isto parece-me suficientemente simples para prosseguir.

Vou continuar a tentar que entendas como é grande o que sinto por ti e de que forma gostaria de te o provar. Vou continuar a tentar que me deixes olhar-te, um segundo que seja, para que possas ter a certeza e para que me sintas. Vou continuar a tentar que não te esqueças de todas as palavras que já usámos e de que forma faziam sentido. Vou continuar a tentar que adormeças e acordes com o som da minha voz e que ela te entre tão dentro quanto já fizeste, em mim, um dia.

Eu sei que tudo corre à velocidade certa, mas não há nada de mal em tentar e em dar um empurrão, porque por pequeno que seja, certamente que mudará alguma rota. Eu quero mudar-te. Eu quero que
te vejas comigo, porque sou eu e não precisas de duvidar.

Sei que vou continuar a ter-te em mim, por isso vou voltar a tentar, porque é o que devo e preciso de fazer. Não quero deixar de te sonhar. Não quero largar a emoção que me vem de cada vez que sei de ti, mesmo que em pedaços. Não quero simplesmente deixar-te ir, não enquanto o meu coração se mantiver a bater.

Quando será que me deixarás "vergar-te", matando-te de tanto amor que acumulei, porque mo insuflaste? Quando será que te levantas, logo pela manhã e dizes que sim, que é o dia, que me vais tocar e deixar que se te entre dentro? Quando vais voltar a ser tu, com o riso que me enchia até a alma, sendo meu, como preciso?


Vou voltar a tentar, uma e outra vez, porque ainda não desisti. Porque sou teimosa. Porque quero, porque posso e porque sim...