Ai as mulheres...

Women With Make-up Posing for Photo
Feelme/Ai as mulheres...Tema:Just women!

PORRA! Experimentem pôr, só que sejam, duas mulheres, a analisar emoções e comportamentos e vão ver os tratados que se conseguem escrever.

Mas quem diabo é que nos fez assim, tão analíticas? Foi praga, só pode, porque chega a ser esgotante. Não conseguimos parar de esmiuçar TUDO o que nos rodeia. "Fez assim, porque..." ; "Disse isto porque quer aquilo, ou será porque..."

Tenham dó, por vezes apetecia-me MESMO ser gajo. Pensar como um (o que significa não pensar de todo). Querer o que os gajos querem (nem vou entrar por aí, porque vou acabar a dizer asneiras das grossas) e a fugir do que eles tão bem fogem, ou seja, da vida. Maravilha, se eu pudesse, CLARO que também fugia, e porque não o faço? Dahh, porque sou crescida, e já deixei, lá bem atrás, de me comportar como uma criança que corre a fechar-se no quarto quando não tem respostas. Enfrentar é a solução, saber para não repetir.

Mas voltemos às mulheres, e já estou a sentir calores, porque não nos consigo entender. (Quando eu não entendo imaginem os "pobres" dos homens). Será que é assim tão, difícil percebermos que se eles não tomam determinadas decisões,  é tão, somente porque não querem? Tão simples e absurdo quanto isto. Não, porque não. Se tivéssemos a caixa do nada percebíamos, mas como somos este entroncado de fios, damos voltas e voltas e cada uma percebe de forma diferente.

Fazemos assim, eu desisto, não quero mais ser mulher, demito-me deste papel. Já não me importo que tenham que me reduzir o cérebro, podem encolhê-lo e retirar-me uns milhares de neurónios, e já agora de vocábulos, I don´t give a shit. Só me quero sentar e olhar para a frente como se não estivesse lá nada. Deve ser uma sensação tão maravilhosa que de repente fiquei invejosa e decidi que QUERO por que sim, pronto!

You Might Also Like

0 comentários

O que quero agora!