Deus me livre...

by - março 09, 2017

can, chat, chatting
Feelme/Deus me livre...Tema:Me!


Deus me livre e guarde dos azedos e mal-amados. Eu sei que vim a esta vida para treinar a tolerância, mas não abusem, porque se me salta a tampa nunca mais a consigo voltar a colocar e depois corre mal.

Quem me conhece sabe que não procuro ninguém e não ando atrás de quem quer que seja para lhes moer a paciência, primeiro, porque tenho IMENSO que fazer. Segundo, porque vivo, MUITO BEM, comigo. Terceiro porque só quero estar onde for desejada e quarto, mas não menos importante, porque o meu lema de vida é viver e deixar viver. Mas eu, tal como muitos outros, porque afinal de contas não vivo numa bolha, volta e meia "levo" com gente mal resolvida e por mais que tente, nunca consigo dizer-lhes o que parecem precisar de ouvir.

Sou então e apenas para resumir e não vos cansar:

. Pseudo-intelectual;
. Sei tudo e apenas conta o que eu digo;
. Não sei ouvir;
. Arrogante;

Por esta altura eu já mordia os lábios e contava até 100, mas nada parecia resultar, quanto mais me defendia, mais me atacava. O resultado só poderia ser o esperado. Quem me conhece sabe que é IMPOSSÍVEL silenciarem-me, eu sou a mulher das palavras e debito centenas por segundo, mas quando decido que a minha "intelectualidade" moe mais do que mata, vou eu ali morrer e já não volto, óbvio.

O que me vai valendo é que eu sou do tipo de pessoa que relativiza tudo e ainda acabei a rir, mas a rir mesmo que até me contorcia, da incapacidade que algumas pessoas têm de ouvir um NÃO dito de forma polida, porque se eu tivesse dito - vai-te encher de moscas - ele teria ido logo e sem protestar. Digo eu que já pareço não saber nada.

Deus me livre dos que querem porque sim e que apenas embicam para o que está, totalmente, fora de alcance. O que pode querer um matarruano de uma pseudo-intelectual? Go figure!

You May Also Like

0 comentários

Como terminam os meus dias?