Não aceito!

Portrait of Young Woman in Forest
Feelme/Não aceito!Tema:Relações!

Que me perdoem os mais crentes, mas eu não aceito que quem ame seja capaz de deixar ir. Deixem-me lá vender o meu peixe para ver se me consigo explicar:

. Primeiro ponto - Se estamos disponíveis para abrir as mãos e deixar ir um amor, lamento, mas não
  é amor e nunca pode ter sido. Nós somos seres territoriais. Nós movemos céu e terra para termos, ao   nosso lado, quem escolhemos amar e é por isso que NUNCA abdicaremos dessa pessoa, a não ser
  que algo tenha arrefecido, ou adormecido. O que acreditavam ser amor, meus amigos, não era
  mais do que uma paixão e por norma elas ardem tão depressa que depressa se apagam.
. Segundo ponto -  As relações carregam imprevistos, equívocos e dúvidas, mas quem ama, salta até     de pontes altas, se preciso for e retira qualquer pedra do caminho.
. Terceiro ponto - O amor não vem num estágio imediato, ele tem que ser maturado e construído,  
  com persistência, desapego, respeito e entrega e é por esse motivo que muitos não o chegam sequer
  a reconhecer, porque as suas viagens são sempre demasiado curtas.

Não aceito e cada dia menos, que se use o nome do amor em vão. Não aceito que se leve o outro ao engano, abanando a bandeira de um sentimento que transcende muita gente, porque irão certamente passar mais de metade das suas vidas sem terem provado o sabor que jorra das bocas de quem ama. Não aceito que não se dê tempo ao tempo que tudo leva a consertar e a deixar no lugar.

Aos que não concordam com nada do que listei por pontos, como se estivesse  a fazer um relatório, quero que entendam que existe uma ENORME diferença entre amor e paixão, por isso aceitem lá isso de uma vez por todas e parem de fazer mover quem deveria ter ficado quieto e tranquilo e acabou numa montanha-russa apenas porque vocês usaram o nome errado para o único sentimento que é verdadeiramente certo!

You Might Also Like

0 comentários