Não sei tudo!

Spider Web With Water Droplets in Macro Photography
Feelme/Não sei tudo!Tema:Relações!
Não sei tudo, não sei mesmo, mas na verdade nem quero, porque se soubesse, se percebesse o que me esperava a cada passo, provavelmente já nem tentaria caminhar. O novo. O desconhecido. O que nos ilude e faz sonhar, tudo serve para que andemos por aqui com mais vontade.

Não sei tudo e não preciso. Não sei tudo, mas sei o que é preciso para continuar a precisar de ti. Não sei tudo, mas já soube muito menos. Antes de ti inundava-me de dúvidas e incertezas. Antes de ti costumava achar que sabendo tudo poderia ser mais feliz, mas vieste provar-me o quanto estava errada. Não sei tudo para a frente, mas o agora já está tão bom, que se soubesse mais rebentava como os sapos, mesmo que fosse de prazer.

Quando achas que já te surpreendi, eu puxo de mais umas quantas palavras e deixo-te de boca tão aberta que para a fechar tenho que te beijar. Quando pensas que o meu corpo já te deu tudo, eu mostro-te como o movo por ti e não consegues fartar-te de me ter. Quando te digo que sou capaz de mais amor, sorris espantado com a minha capacidade de armazenamento.

Sabe-me tão bem arrojar contigo. Sabe-me, cada vez melhor, não me impedir de nada, porque agora o que sou és tu e o que tenho pertence-te. Sabe-me tão bem que me saibas bem que já não reclamo nem de nada.

Não sei tudo e não me parece fazer falta, tu preenches o resto e juntos, no mundo que temos que voltar a criar, cada um no seu recomeço, os dias e as noites deixam de estar separados. Não sei tudo, e já nem uso as mesmas palavras de antes, agora esforço-me para que contigo seja novo, diferente, mas igualmente importante. Agora e porque já não tenho que saber de tudo, posso finalmente saber de ti!

You Might Also Like

0 comentários

Verdades!