O desapego liberta-nos!

art, blur, book
Feelme/O desapego liberta-nos!Tema:Sentimentos!

Quando o passado se arruma, o desapego instala-se e já nem nostalgia conseguimos sentir. Quando o passado fica bem lá, no passado, deixamos de olhar para os mesmos lugares. Paramos de falar do que era assim ou assado e paramos de reconhecer sons e cheiros. Quando o passado é apenas um tempo que já nos pertenceu, aceitamos que não pode ser mais do que isso mesmo.

O desapego faz falta a muita gente. O desapego, para alguns, significa deixarem ir tudo pelo qual trabalharam e foram bem ou mal sucedidos. O desapego faz-nos largar, das nossas mãos, o que elas nunca tiveram forma de segurar. O desapego obrigá-las-ia a pararem de procurar vítimas e culpados, mas o que elas menos querem é a liberdade que libertaria o outro.

Um dia, sem que o percebamos, passamos no que já foi nosso e é como se nunca ali tivesse estado. Um dia, o que nos magoava a alma, deixa de ter qualquer chama e torna-se mais apagado que as próprias cinzas da fogueira. Um dia, paramos, olhamos e deixamo-nos sorrir - caramba do que me queixei tanto tempo?

O desapego liberta-nos, não duvidem. Não deveremos manter nada, mas mesmo nada que já não nos sirva. Não deveremos, em nenhuma circunstância, querer manter o que aconteceu quando devia e pelo tempo que estava escrito. O desapego liberta-nos, de nós, das noites mal dormidas e das lamúrias com quem pacientemente nos escuta quem vai esperando por mais do que o que sobrou.

Por favor, a minha única exigência agora, é que apenas chegue até mim um homem totalmente desapegado. Já não quero saber da idade. Da cor dos olhos, Da altura. Nem preciso que beije bem, porque eu arranjarei forma de lhe mostrar como. Agora e desde que também eu aprendi a lição do desapego, quero quem me queira sem fantasmas, sem comparações e sem meias-verdades.

Desapeguem-me, primeiro, mesmo e depois sim já poderemos conversar...

You Might Also Like

0 comentários