As relações iô-iô!

Resultado de imagem para broken yo yo
Feelme/As relações iô-iô!Tema:Relações!
Imagem retirada da internet

Começamos, terminamos, gostamos muito e já nem tanto, é uma trabalheira. As relações iô-iô são cada vez mais comuns. Quando os visados se reconciliam, estão no máximo duas semanas sem discutirem, mas quando se separam, sentem saudades, desejo e angústia por estarem sozinhos. Então mas porque é que não resulta? É simples, porque não se amam e sem amor meus amigos, NADA é passível de ser mantido.

E o que é o amor afinal? Ah pois é, não tarda é algo que ficou para lá do século passado, talvez pela altura em que Bell inventou o telefone.

Queremos porque sim, mas avaliamos e analisamos pouco a nossa vontade. Temos que encontrar alguém minimamente parecido e com pontos em comum, de contrário estaremos sempre a navegar em águas demasiado profundas. Procuramos, cada vez mais incessantemente quem nos sirva, mesmo sabendo que à partida não nos servirão de todo, mas o medo da solidão, a necessidade de sermos validados e o apelo da carne enlouquece-nos pela metade e deixa a outra metade sem rumo.

Não sei qual é a fórmula certa. Não sei sequer quem está certo ou errado. O que sei é que cada um de nós deve usar a sua própria bitola e que o que nos fizer sentir mal não deve ser mantido ou alimentado.

As relações vão continuar a ser procuradas como se de ouro puro se tratassem, até porque não devem estar muito longe de se tornarem raras. Mas o que precisamos dos outros, vai ter que começar a reflectir o que somos já, de contrário nunca poderá correr como planeamos.

As relações iô-iô são o reflexo desta sociedade amarelecida e gasta, e enquanto não pararmos de querer o que não pode ser nosso, nunca teremos a pessoa certa do nosso lado. Simples como água!


You Might Also Like

0 comentários

Verdades!