Nesta nova era...

by - abril 01, 2017


Resultado de imagem para mulher desesperada na ilha
Feelme/Nesta nova era...Tema:Relações!
Imagem retirada da internet
Já passou a ser natural que nesta nova era, basicamente se comecem e terminem os relacionamentos virtualmente, afinal de contas estamos ou não estamos na era da tecnologia?

Parece ser BEM mais fácil, sobretudo para os menos empenhados, soltar palavras de puro amor, mas também de igual desprezo, a uma velocidade que deixa qualquer satélite envergonhado. Os timings agora são outros e enquanto antes apregoávamos o "devagar que tenho pressa", agora é mais, "embora lá que se faz tarde".

Nesta nova era dos amores descartáveis, fazemos quase todos o mesmo, mas esquecemo-nos de que também nós o seremos, eventualmente, por alguém, num qualquer momento. Venham daí os iluminados e expliquem-me de que forma se ama MUITO hoje e amanhã já nem se pode ouvir falar? Mas por acaso andam todos a beber água da sanita? Às tantas injectam-se com pó daquele que se usa no rabinho dos bébés, só pode ser algo assim absurdo, porque de outra forma significa que estamos a sofrer de excesso de poluição.

Estou a tentar ser engraçada, mesmo que não ache graça alguma à falta dos tim-tins, seja nos homens seja nas mulheres, porque quem é crescido, responsável e bom carácter, não inflige aquilo que não quer ver infligido. Ou será que quer? Será que somos, todos, uma cambada de masoquistas e gostamos, MESMO, de sofrer? Calma aí que o plural não pode ser aplicado, não a mim, porque sofrer provoca-me urticária.

Nesta nova era estamos continuamente insatisfeitos e apenas queremos o que não nos pertence. Mas o mais irónico, é que depois de o conseguirmos, decidimos que afinal é incómodo. Não dá muito jeito. Perturba as rotinas e exige demasiada entrega. Sabem o que vos digo? Vão mas é viver para uma ilha deserta, sem internet para ver se aprendem qualquer coisa!

You May Also Like

0 comentários

Não consegui evitar, hoje não...