Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações!

Silhouettes of Couple Kissing Against Sunset
Feelme/Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações!Tema:Relações!

Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações. Tanto que conseguimos entender quando decidimos estar atentos. Tanto que nos dizem sobre não devermos reservar o melhor de nós aos outros, mas acabamos por ter que o fazer não importa de que forma e por quanto tempo, porque receber alguém na nossa vida força-nos a mudar, a virar e a revirar muito de nós, cedendo no mais pequeno e até no maior. Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações, mas ainda assim continuamos sem saber nada, ou pelo menos não o bastante.

Pensar, com paz na alma, sobre tudo o que somos e tivemos, porque nos permitimos, é o que nos faz olhar para as relações de forma diferente, nova e renovada. Pensar que nunca será tudo apenas sobre nós e que somos o que fizermos, deixa que o que ainda deambulava, sem destino por aí, se encontre e nos encontremos nós também. Pensar que apenas teremos esta vida para nos recordar e que é nela que devemos viver e reviver o que vale a pena. Pensar que temos que fazer bem mais do que apenas pensar, talvez ajude a que nos movamos, mais rapidamente.

Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações e tanto que deveremos querer continuar a aprender. Tanto que temos que conseguir olhar para dentro de nós, para que não nos foquemos apenas no que podemos receber. Tanto que devemos deixar de prometer, pelo menos aos outros, prometendo-nos, apenas a nós sobretudo melhorar. Tanto que temos que continuar a atravessar até estarmos do lado certo, nós e quem nos importa. Tanto que há para ver e absover, até que finalmente faça sentido.

Não importa o que faças, se nunca o fizeres contigo e por ti. Não importa para onde te dirijas, se não soberes de onde partiste, as possibilidades de chegares intacta serão reduzidas. Não importa o que ainda não aprendeste sobre relações, o que importa é a vontade de realmente aprenderes.

You Might Also Like

0 comentários

O que quero agora!