Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2017

Estou a ver a minha vida continuar sem mim!

Ver a minha vida continuar sem mim. Dá que pensar e tem sobretudo a ver com as escolhas. Com tudo o que fazemos ou deixamos de fazer, por puro conformismo, ou pela incapacidade de lutar pelo que nos pertence.

Deixei-nos ir e mesmo que por vezes tenha resistido, rendi-me ao inevitável, mas continuámos a ser os mesmos, com muita história no meio de ambos e com olhares que conseguem chegar ao mesmo tempo. Refizeste a tua vida e tens, supostamente o amor que procuravas. Segui em frente e esbarrei em quem, supostamente me completa, mas de cada vez que nos abraçamos e fazemo-lo muitas vezes, os outros acham que em demasia, o que senti no primeiro dia em que me tocaste, permanece até hoje.

Somos tão iguais que assusta. Temos tanto em comum que não entendo, nem ninguém, o que foi que nos quebrou e o que tanto precisávamos para deixarmos de precisar um do outro. Somos capazes de correrias loucas para nos irmos "salvar". Nunca deixamos de ter tempo, para as dores que cada um sente. É …

O amor nunca me soube tão bem!

O amor nunca me soube tão bem e ele é quase sempre bom, tal como o é a vida, de cada vez que o sol aparece e nos aquece. Sempre que conseguimos cheirar e olhar o mar, dançar colado ao corpo de quem nos muda os dias e nos deixa continuar a sonhar!

Já é quase frase feita que o amor muda tudo, mas a verdade é que muda mesmo e que nos tira do marasmo acordando-nos para o que nos adormece o corpo e a alma. Os planos do amor e de quem o manda até nós, com ou sem seta, são de que possamos experimentar o único sentimento que nunca nos cansaremos de repetir, porque ele aquece até os glaciares, derrete icebergues e não os deixa chocar, apenas passar de mansinho para que admiremos a sua grandiosidade.

Nunca, jamais, alguém se cansará de o usar e de o oferecer a quem sofre com a sua falta. Não teremos como o gastar, ele multiplica-se, alimenta-se de cada um dos corações pelos quais vai passando, dando-nos mais e em dobro, tudo o que sempre esperámos sentir.

Amar-te, assim, é fechar os olhos e ver…

Não importa o que se diz depois da dor!

Não importa tudo o que se diz depois da dor, depois de se terem apagado os sorrisos, porque o que fica verdadeiramente, será apenas o que nos fez bem e encheu por dentro!

Não importa se me sinto dorida, se a mágoa me parece querer consumir e se o meu olhar já não se pousa, nos outros da mesma forma. Não importa porque já te tive. Já foste meu. Já toquei cada pedaço de um corpo que me pertenceu e fui feliz enquanto acontecia.

As mágoas consomem-nos, têm o poder de nos roer, devagarinho, mas levando tudo, por isso não a deixo instalar e por cada mau pensamento, devolvo dez sorrisos e entrego-me às sensações que me fizeram gostar mesmo de ti.
As mágoas não são para mulheres como eu, porque tenho muito para fazer ainda, muito amor para espalhar, chegando a corações bem mais magoados do que o meu.
As mágoas são o oposto do que desejo para mim e só me reencontro quando estou a amar, e a verdade é que ainda te amo, tal como consegui no início, quando te via como julgava seres e me servia.

Tev…

Tenho que ter o quê?

- Tenho que ter o quê?

Miolos, testa, capacidade de me surpreender, um discurso articulado e nada de cassetes gravadas (agora já são cds). Nada de sem usados, porque eu não sou parecida com ninguém nem me interessa a forma como te diriges às outras, entendido?

Eu sei que é difícil, que dá trabalho rebobinar e ir à procura de mais vocabulário, valha-nos o google, porque senão era de enciclopédia mesmo. Mas não tenho nada a ver com isso, ou és capaz ou não és, o meu tempo é demasiado precioso para o perder com imbecis. Sabes o significado desta palavra? Boa!

Quem gosta e quer alguém por perto, não faz copy e paste, inova, move céu e terra, dá mais voltas ao quarteirão, o que for preciso para chamar a atenção. Quem gosta não usa as mesmas palavras, gastas, vistas e revistas, com quem lhe muda os dias e lhe permite uma perspectiva de futuro. Quem não sente desta forma é um fanfarrão de esquina, e nesse capítulo trama-se comigo porque de palavras percebo eu. Ou voltam para a escola e concl…

Não te conhecia, mas chegaste, assim como sabes ser!

Descobri-te na tormenta de palavras que com sentido, nos movimentam os sentidos, rasgam, desnudam e nos invadem de forma simples, parecendo chegar na hora certa e dizendo o que temos dentro, mas não sabemos deixar romper.

Gosto da maneira como as palavras falam contigo, dos sons que lhes atribuis e que chegam até mim quando te leio. Gosto da tua velocidade de vocábulos, os mesmos que consegues fazer virar e revirar até que digam, exactamente o que estás a sentir. Gosto de te conhecer assim, intensa e a manipular a minha imaginação, vendo-te quando percorro cada linha do que ofereces, generosamente para me mudares os dias.

Não sei como és na verdade. Não sei se amas como escreves. Se o teu olhar se fixa nas teclas que já sabes como percorrer. Se sorris quando falas de amor e se és igualmente generosa na vida. Não sei se já te amaram como descreves, ou se ainda és apenas tu.

Quem nos ama por palavras, conhece-nos a alma, é assim que te sinto e se soubesse escrever como o fazes tu, dir-te-i…

Afinal o que é evolução?

Muita gente trai porque não o fazer exige um verdadeiro desenvolvimento psicológico, que não têm, e que a sociedade não ensina!

Parece que existem estudos que mostram que as mulheres traem mais do que os homens. Really? No entanto são mais inteligentes na forma como encobrem as traições, revelando-as apenas, se pretenderem uma acção/reacção do parceiro. Dizem que por norma chegam a trair até 20 vezes. Uiiiii!!

A traição deve ser revelada? NÃO, de todo, ela apenas trará sofrimento ao parceiro e este jamais voltará a recuperar da mesma. CLARO, até eu sei isso.

A  Evolução passa por percebermos que apenas podemos amar uma pessoa (de cada vez) e que lhe devemos fidelidade. deixando de lado o instinto, quase primitivo, de nos envolvermos com tudo o que mexe. Podemos, isso sim, sentir paixão, atracção, e tesão por alguém, conseguindo bom sexo, enquanto amamos outra pessoa. O melhor dos dois mundos não existe, mas existirão sempre os que apenas usam os outros, em proveito próprio, sem qualq…

A pessoa certa existe, eu sei que sim!

Parece que a mulheres, todas, sonham com o tal felizes para sempre, oferecido e bem embrulhado no olhar do homem da nossa vida. Não há nada de errado nisso, até porque nos fizeram assim, lamechas, sonhadoras, crentes no futuro cheio de um amor que não termina. A culpa não é nossa, mas vamos ter que viver com isso, quer queiramos, quer não!

Os romances, os filmes e tudo à nossa volta incita a que encontremos o tal, o que irá saber sem qualquer dúvida, o que precisamos de ouvir e quando. O que não precisará de esforço para nos entender e que será paciente com as nossas frustrações, até as inexistentes. Ele terá o que precisamos, numa combinação tão perfeita, que a acontecer, pasmem-se, seria uma mulher, outra igual a nós. Ehehehe!

Estou a brincar, é possível, SIM ter a melhor proposta de para sempre juntos e que não tem que passar por um anel de noivado, não para mim que nunca casei, mas que passará, certamente, pelo desejo de envelhecer ao lado da pessoa que olhará para nós e consegui…

Deixa-me lembrar-te!

Deixa-me lembrar-te, não porque te consigas esquecer, mas porque escolhes deixar de pensar no que já te fez tão bem, de todas as vezes que eu consegui que sentisses algo tão novo, tão intenso e real, que receias não o voltar a ter, não depois de eu já ter partido!

Quando nos decidimos e quando fazemos escolhas, seguir em frente será bem mais fácil, mas se o que pretendemos é fugir do desconhecido e do que não controlamos, apenas caminhamos perigosamente, para uma falsa paz, passando a aceitar pedacinhos do que quer que chegue, achando que não merecemos muito mais.

Há muito que percebi que eu só poderia ter o que merecesse, passando a escutar com atenção, tudo o que me pede o corpo. Há muito que só me entrego a quem me levanta o pé do chão, quem me faz vir com apenas um olhar, porque a simples ideia de ficar pronta deixa-me molhada e toda entregue a quem poderá mexer e remexer-me até que continuar já não seja mais suportável. Há muito que sei que depois de ter tido tudo, não vou querer…

Nos meus silêncios, mudo-me!

Com a paz por companhia, sentindo que tudo o que faço tem um propósito e que os desejos se fortalecem, empurro-me para que saiba arriscar e consiga bem mais do que tenho agora!

Nos meus silêncios, que são poucos, quase impossíveis, porque existem sempre pessoas por perto que não me deixam parar demasiado, mas quando os tenho, quando olho em redor e percebo que sou apenas eu, mesmo que por breves minutos, respiro fundo e sinto a paz que se me entra dentro, e repõe, tudo o que perdi no anterior.

Não posso ficar demasiado quieta, nem silenciosa, porque quando não estou a debitar pensamentos, opiniões e estados de espírito, é que me torno perigosa. Quando e de cada vez que não me consigam ouvir e que apenas os meus olhos estejam presentes, nada voltará a ser o mesmo. Quando eu permito que o silêncio se instale, parte de mim deixou morrer o que quase me matava e é nessa altura que tomo a única decisão possível. Afasto-me e desisto.

Deixa-me "gritar", porque enquanto o fizer, tu c…

Amor não é apego!

Já estou, há muito devotada ao meu processo de "preenchimento" emocional. Travo as minhas próprias batalhas. Lambo as feridas que me deixei infligir. Cuido do me sentir inteira, envolvida em tudo o que poderá fazer de mim uma mulher mais resolvida e tranquila, percebendo, no processo os meus limites. É por essa razão que consigo incluir alguém que ame realmente, porque amar para mim significa querer que o outro seja e se sinta feliz.

Não sou lírica nem poética quando afirmo que ver e saber da felicidade do outro nos deixa imediatamente felizes. Ter ao nosso lado quem nos preencha a emotividade, quem nos toque e ao fazê-lo, nos passe cada grama de sentimento que possua por nós, alimenta-nos sem qualquer esforço.
Ter silêncios, acompanhados, um lugar no lugar certo da vida de quem ousámos amar, é a paz que nos permitirá enfrentar tudo o resto. Ter a desenvoltura e a liberdade para continuar no percurso devido e projectado, apenas fazendo pequenos desvios para se reencontrar c…

Pensamentos!

Temos que nos saber perdoar!

Precisamos de deixar para trás o que já lá ficou, mesmo que achemos que o carregamos no presente. Cada um dos nossos sentimentos, sobretudo os maus, vão manter-se colados a nós se não soubermos distanciar-nos do que nos magoou.

Temos que nos saber perdoar, não importa a viagem que acabemos por fazer. Pode ter que ser longa e dolorosa. Pode revelar-se conciliadora e serena, mas o que quer que nos forcemos a fazer, dará frutos se soubermos como nos perdoar. Por vezes perdemo-nos para nos encontrarmos e outras há em que encontramos tudo o que nos fazia falta, mas apenas para as perdermos outra vez.

Para tudo faz falta o bom sendo, o equilíbrio e o auto conhecimento. Quando sabemos de nós e o que nos impede de nos afogarmos na infelicidade, encontramos forma de nunca nos perdermos.

Temos que nos saber perdoar em todas as etapas e algumas serão bem mais duras e confusas do que outras. Por vezes teremos que seguir em frente sem nunca olhar, nem de soslaio, para quem não seguiu connosco. Temo…

Quero e escolho a saudade!

Quero e escolho a saudade! Preciso de a ter e escolho-a, porque significa que sinto falta do que vivi, porque foi bom e que por isso ficou!

Não trocava, nada do que já tive. Não desistiria nem me atreveria a voltar atrás se pudesse escolher. Eu sou cada sentimento e cada recusa. Eu sou todos os amores que me amaram e cada desamor que se instalou. Não me atreveria a olhar para outro lado, na esperança de que não estivesses lá. Não me atreveria a que me passasses despercebido e que não pudesse ter-te tocado. Não saberia como me saber assim, tão capaz de amar. Tão crente no único sentimento que consigo realmente sentir, do qual tenho saudade, verdadeiramente e com o qual me curo e remendo cada decisão.

Há muito que deixei de ter medos, de me impedir de falar do que sou, porque gosto de cada passo. Gosto desta sensação de estar a chegar, de ter "trabalho" para mostrar, de me saber explicar e de identificar cada sorriso.

Quero e escolho a saudade porque percebi que com ela posso-te…

Surpreendente mundo animal!

Hoje e depois de ter sido avisada pela minha amiga Paula, estive atentamente a ver o mundo animal num canal português. BEM, o que eu me ri com tudo o que passou e como, curiosamente não fiquei NADA surpreendida. Tirando a beleza das cores e a fabulosa escolha musical, tive a confirmação de que os nossos homens ainda se regem apenas pelos instintos animais. Valha-nos Santa Engrácia, estamos condenadas à extinção!

Neste surpreendente mundo animal foi-nos mostrado que o acasalamento obriga a um enorme desempenho para que os machos consigam impressionar as fêmeas. Adorei as marradas dos carneirosdo monte, bolas, tanta força e tão pouco cérebro, só pode mesmo, de contrário e da forma como ele é batido e quase esmagado, deve-lhes restar muito pouco. A aranha pavão tem poucas oportunidades de acasalamento, por isso usa a percussão e dança imenso, agitando o abdómen num gingar mágico, eheheh, fui de imediato remetida para a imagem dos homens musculados, os que frequentam o ginásio e escolhem…

Qual é o medo que a perda provoca?

Quem nos está ligado, por sangue e crivado com ferro quente na alma, não nos pode ser arrancado. Por vezes deixo-me levar pela lamechice e acabo a sofrer de algo que deve ser equivalente ao sindrome de abstinência, porque o meu corpo estremece sem que o consiga controlar, perante o medo que se apodera de mim. Quem temos como parte de nós, está tão naturalmente em nós que se os perdêssemos, perder-nos-íamos para sempre.

Qual é o medo que a perda provoca? Um que não se consegue explicar nem quantificar e são tantos os que se perdem, irremediavelmente. A irracionalidade apodera-se de nós e o sangue passa a circular ao contrário. Não sei ao certo o que conseguimos controlar, mas sei com toda a certeza que controlamos tão pouco, que se o pensássemos, viveríamos em constante sobressalto. Há tanto que nos pode acontecer, levando-nos o que nem sabemos ter, mas que poderá ser a nossa prisão perpétua.

A perda de amores dói e corrói, mas é ultrapassável e acabamos sempre por sobreviver ao que nos…

Passatempo #1

Temos um passatempo a decorrer, numa nova parceria entre o blog Feelme e a Perfumaria Online.

Para se habilitarem a um vale em compras no site da Perfumaria Online, terão que responder à seguinte pergunta:

Quantos pontos de fidelidade valem os 10 euros que a loja vai creditar de sua conta de cliente?


Para se habilitarem terão apenas que:


1- Fazer um "gosto" na página de Facebook da Perfumaria Online 2- Fazer um "gosto" na página de Facebook do Feelme 3 - Preencher o formulário abaixo:

Boas compras! Perfumaria-Online
A carregar...

Olá miúda linda!

Já sei que és a miúda que me faz sentir bem. Tu és a miúda que me faz fazer o que nunca sonhei, mas estou a gostar de tudo. Tens uma luz que me ilumina por dentro. A felicidade que carrego, vem de ti e é por ti que vou, agora, até ao final deste mundo, o que conheço e o que nem arrisco pensar.

Olá miúda linda. Tu deixas-me neste estado de graça porque tens tudo, és tudo e consegues tudo de mim. Nunca tens que me pedir nada, basta-me esse sorriso para que saiba o que te dar, porque quando o faço e quando te toco, recebo a dobrar e a triplicar, numa proporção que nem pareço conseguir suportar.

Mas de onde vieste tu e onde foi que estiveste toda a minha vida? Depois de ti nada parece ter sabor ou importância. Não quero saber dos que me acham louco, porque a verdade é que estou mesmo louco, por ti. Quem te teve antes de mim e porque te deixou ir? Que loucura terá invadido os que provaram de ti e não souberam beber tudo? Obrigada a cada um!

Olá miúda linda. Anda aqui agora e mostra-me o que…

Pensamentos!

Ao que sabe o sucesso?

Estive a ver um entrevista com um influenciador americano, claro que por aquelas bandas TUDO é possível e ainda se constroem milionários da noite para o dia, mas a questão não é essa, o que retirei de todo o discurso foi o seguinte:

- O que importa mesmo não é o final, mas sim o percurso. Temos que saber retirar prazer do que vamos fazendo até lá chegar.

Não poderia estar mais de acordo, porque quando somos determinados e empenhados, o que planeamos e trabalhamos para conseguir acaba por chegar, mas se não formos saboreando cada pequena vitória e até as gotas de suor e cansaço, o fim da linha será tão rápido e volátil, que arriscamos não saber exactamente ao que sabe o sucesso.

Eu vou usar o meu exemplo para que entendam melhor. Quando comecei o blog em 2012, de cada vez que tinha mais de 30 visualizações por dia, fazia uma festa. 5 anos depois, tenho mais de 1,500 dia e a meta são os 5,000, já não pulo e salto de contente, porque todo o processo para lá chegar é vivido intensamente.…

Relações que não se relacionam...

Já nada é como antes. Já nada acontece por ser bastante, mas porque interessa e se encaixa no que nos sobra, quando é conveniente. Já ninguém procura passar ao outro o que o deixará bem e mais completo. Já nada importa mais do que nós mesmos.

Nas relações que não se relacionam, porque o egoísmo se instalou e nos deixou confortáveis, numa segurança e prazer aparentes, o EU tem mais peso do que a integridade e o respeito pelo outro.

- Ou te adaptas ou morres.

Não quero que me forces a desviar das minhas rotinas. Não preciso que me questiones sobre o que faço ou vou, porque de ti apenas quero alguns momentos, todos os outros pertencem-me por direito. Não preciso de ti, sou independente...

Não preciso de referir muitas mais pois não?

Tu tens a importância que te dou e eu sou bem mais para mim do que esperas. Assim sendo a alternativa é que as relações não se relacionem e que passemos a passar pela vida uns dos outros, sem ficar demasiado.

Quem tem soluções para este flagelo? 

Sim, é um flag…

O que muda em nós quando desatamos a amar?

Nós mudamos até de pele. O olhar torna-se tão brilhante que nos conseguem ver no escuro. Temos uma energia contagiante e nada parece ser motivo para nos entristecer, a não ser que fiquemos longe do outro.

O que muda em nós quando desatamos a amar?

Tudo, literalmente tudo e o que não conseguimos mudar de imediato fica nas primeiras posições da lista de coisas a fazer. Nós mudamos porque é o que deve acontecer para que alguém entre e se instale. Nós mudamos porque já estávamos prontos, ou simplesmente porque o sonhávamos assim.

Será razoável mudarmos e mudarmo-nos por outra pessoa?

Os ajustes terão que ser sempre feitos. O 1 passa a 2 e os sentimentos multiplicam-se. Caminhar sozinho e regressar a casa para o nada emocional, passa a ter um formato diferente e mais preenchido. Os sonhos ganham asas e o impossível deixa de existir. Muda tudo e tanto que até mudamos nós sem o perceber.

Quando desatamos a amar, mesmo que fechemos os olhos os contornos de quem nos liga todos os botões, continu…

Sei do que falo quando digo que és o meu tudo!

Já não tenho que explicar nada. Já não me esforço para fingir o que quer que seja, porque eu sei doque falo quando digo que és o meu tudo. Escohi o lado que me interessava e nele estás tu. Decidi que posso gostar de ti, tudo e sempre, porque posso e que bem me sabe mandar na minha vontade.

Sei do que falo quando digo que és o meu tudo, porque mais ninguém me deixa a sentir desta forma e porque se te escolhi sabia o que importava. Só tu tens a magia que me faz dançar ao som de violinos. Só tu me fazes mover, de forma sensual e com total entrega, porque o teu toque não se iguala ao de mais ninguém.

Sou eu que decido quem entra na minha vida, permanece ou sai. Sou eu que amo com o coração todo, porque nunca me contento com metades. Sou eu a que está na dianteira do que é mesmo meu, a minha vida. Sou eu a mostrar o que preciso e o que dispenso.

Sei do que falo quando digo que és o meu tudo, porque o és mesmo. Foste ontem quando chegaste, és hoje enquanto te amo a todas as horas e serás ama…

Por vezes deveríamos sofrer upgrades gratuitos!

Nem todos conseguimos melhorar ao ponto de não termos que regressar à "fábrica", para recauchutar e identificar possíveis problemas. Por norma nem damos pelo que fazemos, erradamente dia após dia, porque tentamos ser os mesmos, mantendo a consistência que muitos parecem aprovar, mas a verdade é que por vezes deveríamos sofrer upgrades gratuitos. Teríamos uma referência, cada um e naquele dia, à hora marcada e sem quaisquer custos, iríamos para de onde sairíamos prontos e renovados.

Que bom quer seria, não acham?

A questão aqui é que se não formos nós a identificar o que está errado e a querer corrigir, os outros apenas poderão, por vezes desesperadamente, apontar soluções, mas pouco mais, porque para mudarmos teremos mesmo que querer mudar.

Nós somos feitos de matérias distintas e podemos, ao contrário de outros seres, crescer ao ponto de nos tornarmos mais acessíveis, menos bélicos e capazes de passar o que temos de bom e certamente que será muito. Nós somos bem mais fortes…

Parece que estou mais velha. Pois!

Mais 1 ano e este passou a uma velocidade assustadora. De repente estou mais velha e atravesso, como se estivesse numa outra dimensão, tempestades, mas pareço sobreviver a cada uma.

Parece que estou mais velha, não que o sinta fisicamente, mas o emocional começa a acusar a pressa e a energia com que sempre fiz tudo. Decidi que quero sossegar-me, porque preciso de mais tempo para me regenerar. Agora procuro a qualidade. As pessoas verdadeiramente importantes na minha vida. Quero mais em menos tempo, porque não quero perder nenhum sem que me sinta plena. Quero um amor que me afogue num prazer que só poderei retribuir. Quero tudo do muito que ainda me falta receber.

Parece que estou mais velha, é o que me diz o cartão que me identifica, mas não me diz muito mais, o resto vou ter que ir descobrindo sozinha porque algumas etapas são muito difíceis de superar, no entanto são essas mesmas que nos fazem crescer. É o que dizem, certo? Pode até ser, mas havia necessidade de ser tão difícil? Eu s…

Saber quem sou faz-me querer-te ainda mais!

Quanto mais me conheço mais consigo perceber o que nos liga e porque razão continuo a querer-te desta maneira. Eu sou a primeira a falar comigo, todas as manhãs, por isso sei o que espero de cada uma e o que preciso é que estejas por perto e me reconheças. Eu sou a que nunca se despega do que precisa e ama e o certo é que é a ti que amo.

Será que pensas nas razões que nos aproximaram? O que fizemos de novo ou de diferente para nos querermos assim? O que mudamos um no outro, para não precisarmos de mudar mais nada?

Não temos qualquer razão para nos magoarmos, dividindo em pedaços um coração que deverá estar inteiro. Não temos mágoas, nem olhares de lado de cada vez que nos vemos, porque connosco vão sempre estar todas as memórias do que tivemos e nos juntou. Não conseguimos impedir-nos de nos tocar, porque cada toque carrega todo o amor que já fizemos. Não nos afastamos demasiado mesmo estando longe, porque parte de nós nunca deixará de se ligar.

Saber quem sou faz-me querer-te ainda m…

Temos um Giveaway a não perder!

O Feelme e a Perfumaria Online decidiram mimar-vos, por isso e como prometido, aqui vai:

Vamos ter um passatempo com o meu novo parceiro no qual poderão ganhar um vale para efectuarem as vossas compras.



A Perfumaria Online tem como foco trazer aos clientes uma grande variedade de produtos das maiores marcas do mercado e que vão desde os produtos, cosméticos, maquilhagem e produtos para o cabelo. Para que se possam habilitar ao passatempo, terão que seguir os seguintes passos:

Colocar gosto na página Facebook Perfumaria-Online
Colocar gosto na página Facebook Sue Amado (Feelme)

Responder à seguinte pergunta:

Quantos pontos de fidelidade valem os 10 euros que a loja vai creditar na sua conta de cliente?

Visitem o site e vão-se preparando para os próximos passatempos. 

Boas compras!

Perfumaria-Online

A alternativa quando somos crescidos, é continuar a crescer!

O que fazem os adultos e os supostamente crescidos?

Tomam decisões e acarretam com cada uma. Os crescidos assumem o que fazem e não se encostam a ninguém, porque lhes cabe, integralmente a vida que escolhem viver. Hoje é muito comum ver quem se responsabiliza para o que corre mal, pedindo socorro quando se estão a afogar, mas que afastam a uma grande velocidade quem tenta opinar quando ainda estão a tempo de se salvarem. Hoje vemos os que recusam crescer porque lhes dá imenso trabalho tomar decisões. Hoje tudo é fácil até que deixe de o ser e aí grita-se por socorro.

A alternativa quando somos crescidos, é continuar a crescer, e a alternativa razoável e eu não aceito outra, talvez por já ser definitivamente crescida.

Quem te dirige as escolhas, nos amores, no trabalho e em tudo o resto na tua vida?

Calculo que sejas tu, mas deverás sê-lo em tudo e o tempo todo, porque apenas assim poderás ser tratado como um adulto.

Difícil?

Pois, nunca ninguém te disse que iria ser fácil, mas no final g…

De Mulheres para Mulheres!

Hoje, pelas 18 horas como habitualmente, estarei convosco para mais um programa na rádo Hertz!

O tema de hoje é quente, segundo as opiniões dos meus ouvintes, todos serão, mas este em particular toca em muitas feridas. Vou falar sobre a traição e terei chamadas telefónicas a algumas ouvintes, para que nos falem sobre o que pensam do assunto.

Ficarei à vossa espera e depois faremos as já habituais avaliações. Até lá!

http://www.radioonline.com.pt/hertz-tomar/

Pensamentos!

Temos uma parceria fabulosa no blog!

Às mulheres maravilhosas que me seguem e aos homens que as adoram, anuncio uma parceria no blog que as vai deixar ainda mais bonitas e de auto-estima em alta. Mas atenção, os senhores também têm a sua área reservada, afinal de contas precisamos, PLEASE, que já não sejam feios e a cheirar a cavalo!

Querem saber do que se trata?

A Perfumaria Online é, à distância de um clique, o que precisam para aceder às melhoras marcas e produtos de beleza.

Vamos ter um giveaway mais tarde, por isso estejam atentos e aproveitem para visitar a página e os produtos. Em breve estarei em condições de vos recomendar tudo o que for testando, passando-vos o aconselhamento que esperamos quando pretendemos algo novo e eficaz.

Boas compras!
https://www.perfumaria-online.com/






Como se pode ser corajoso?

A coragem também se vai, por vezes. As cores de que nos pintamos, a cada dia, para nos mostrarmos ao mundo, são por norma diferentes das que estão dentro. A nossa beleza, a que os outros analisam, nem sempre nos faz sentir bonitos.

Como se pode ser corajoso, sempre e a todos momentos? Como é que nos impedimos de morrer, um pouco de cada vez, enquanto esperamos pelo que não chega e por quem não nos reconhece? Como é que a coragem nos impede de deixarmos de querer amar?

Por vezes sentimos que estamos um passo mais perto do que nos arrancará os medos. Por vezes parecemos ter encontrado o que nos manterá de pedra e cal no que nos propusemos fazer, porque teremos que ter sempre um propósito, andar por aqui, sem limites, objectivos ou sequer paixões, é equivalente a já estar morto sem o saber.

Como se pode ser corajoso quando nos tentam arrancar a determinação, pedaço a pedaço, sem que se importem com quem somos e de que forma recuperaremos? Como deixar para trás o que não serve sem nos mago…

O que faço quando não estou como sou?

O que faço quando não estou como sou?

Se estou triste, sem motivação ou com medo, tenho as palavras. Basta-me que as deixe sair até que me limpem por dentro, depois só tenho que recuperar as que precisarei de voltar a usar. Toda eu sou as palavras que uso de uma forma que nem sempre entendo, mas que parecem estar sempre prontas e a fazerem sentido. Não sei quantas vidas terei vivido, mas certamente que foram muitas, porque em apenas uma não teria assim tanto mundo para partilhar.

Cada um de nós deve encontrar uma forma de se limpar do que nos impede de avançar, nunca remoendo demasiado nas respostas, porque elas chegarão à medida que fizerem falta. Todos acabaremos por perceber qual a melhor forma de encaixar o que não corre tão bem, preparando o caminho para tudo o que virá de bom. Nós somos seres engenhosos quando atentos e cada um, à sua maneira, terá uma "arma" pronta a ser usada em benefício próprio.

Se o dia ameaçar nascer sombrio, puxo da "gaveta" a reserva …

Pensamentos!

Só preciso de saber o teu nome...

Quando finalmente tiveres um nome, vou poder sossegar a parte de mim que te chama, quase até à exaustão, porque pareço precisar demasiado de quem se me acerte e encaixe, sem qualquer esforço. Amar não dá trabalho, mas implica movimentação, desejos e muita vontade, vontade sobretudo de não escolher o mais fácil em detrimento do mais completo.

Só preciso de saber o teu nome e depois já terei o que juntar à imagem que não me abandona desde que passei a sentir-te, perto, real e quem me foi destinado. A cada dia uma nova peça. A cada pensamento mais uma motivação, para que venhas até mim, porque és mesmo tuSó preciso de saber o teu nome para deixar de o imaginar, não o consegui juntar a ti, não ainda, mas já reconheço o teu sorriso de cada vez que surges e é tão único quanto passaste a ser também tu todo.

Eu sei que não enlouqueci. Também sei bem que a senilidade não me atingiu, é demasiado cedo. Sei muito mais agora sobre o que devo esperar de quem virá, em breve, para me completar e fa…

O que é que resulta melhor para ti?

Já cheguei a pensar que apenas eu seria o que te importava e fazia feliz. Já fui, de forma egoísta a que quase te roubou ao mundo, porque queria demasiado e o tempo todo. Já fui quem te amou, desmesuradamente até perceber que apenas com equilíbrio poderemos beneficiar ambos.
O que é que resulta melhor para ti?
Nunca te perguntei, mesmo que tivesse sempre cuidado de te manter bem e feliz. Seremos sempre duas pessoas, distintas uma da outra e com vontades que a outra nem sempre consegue preencher. Teremos que saber manter a nossa individualidade para conseguirmos manter-nos dois e juntos.
Eu sei que o que resulta melhor para mim é ter-te sempre por perto, mas também sei mais do que a minha vontade de ser irracional e focada no meu prazer em primeiro lugar. Tu precisas de voar. Tens que poder recolher a ti e ao teu canto pelo tempo que sentires necessidade. És bem mais determinado nos objectivos e não precisas que te distraia com este amor empolado e quase infantil.
Será que te consigo pa…

Quando procuras o que te falta, encontras!

Persistência. Consistência. Foco. Sonhos envoltos em realidade. Tudo o que podemos juntar aos planos que traçamos, funcionarão como excelentes ingredientes para o sucesso. Não poderei prometer que sejam rápidos, ou que tudo venha quando aparentemente nos faria falta, mas teremos sempre o que fizermos por conseguir.

Quando procuras o que te falta, encontras! Foi o que me martelaram sempre e eu fui ouvindo com enorme atenção. Acabou por fazer sentido que apenas trabalhando, diariamente para o que seria meu, o poderia ter. Por vezes nem estamos assim tão distantes do que importa, mas damos mais voltas, ou fazêmo-las ao contrário. Por vezes precisamos de provar o amargo para entender como será bom saborear o doce da conquista e do sucesso interior. Por vezes demora, mas eventualmente chegará.

Saber quem somos e o que queremos de nós e dos outros, pode mesmo acelerar o processo, mas não nos deveremos desmobilizar quando não tivermos, no momento em que o pensamos, o que nos faz falta e por …

Lembrar-me do que já tive porque deixei de o ter!

Também eu sou humana e carregada de sentimentos, por isso é inevitável que sinta falta do que já me pertenceu, ou do que esteve sempre tão próximo que não arrisquei saber ao que saberia quando o perdesse. Até mesmo eu sinto falta de pessoas e de lugares, mesmo que aparente indiferença, fazendo com que acreditem os outros na minha frieza.

Hoje não consigo impedir-me de me lembrar do que já tive, talvez pela proximidade de uma data que será bem mais marcante do que todas as outras, porque desta vez e pela primeira vez com plena consciência minha, sem fugir ao óbvio e aceitando o que não posso negar, estarei mesmo sozinha. Também aceito que o estou porque me impus mais metas, bem como o desejo de ter melhor. Percebi que o mereço e que deverei esforçar-me para conseguir nesta vida, o que a vida me pede.

Houve muito que deixei de ter, mas francamente nunca me fez falta. Já ficaram umas quantas pessoas pelo caminho, mas até a essas me esqueço de lembrar. Já perdi quem amava, muito, mas per…

13 Reasons Why!

Grande série. Actual. Perturbadora e elucidativa da sociedade em que vivemos hoje. Tudo é demasiado camuflado e fingido. Ninguém é o que aparente e muitos tentam apenas ir sobrevivendo, nem sempre com sucesso.

Recomendo vivamente, sobretudo para quem tem filhos. Os jovens são realmente tão cruéis quanto o que lhes passam os adultos, porque os bem formados nunca serão capazes de actos de total desrespeito para com os seus pares.

Estou ansiosamente à espera da já anunciada segunda temporada!

Hoje é um dia tão bom como qualquer outro!

Hoje é um dia tão bom como qualquer outro, para estar contigo, falando até que se nos seque a boca e depois embrulhando-nos no amor que sabemos tão bem fazer. Hoje tivemos mais um pouco do tempo que sempre nos falta. Chegámos cheios de pressa, mas tudo seguiu com a calma que por vezes ameaça deixar-nos. Hoje recordámos o que nos juntou e concluímos que nunca poderia ter sido de outra forma. As nossas vidas, aparentemente tão diferentes, carregam em comum o que somos capazes de sentir e desejar um com o outro. Hoje é um dia tão bom como qualquer outro, para irmos a lugares diferentes e fomos, saboreando a liberdade que sempre se cola à nossa pele quando somos apenas nós. Hoje portei-me bem e não te pedi nada, mas hoje tu portaste-te ainda melhor e deste-me tudo, até o que apenas fui sonhando durante todos os dias em que não nos tivemos.

Já estamos na fase da análise intensa da coisa. Já sabemos como usufruir de cada segundo e nem sequer reclamamos, porque apenas estaríamos a roubar-nos…

Não sei como se faz!

Não sei como se faz nem como se consegue calar tanta vontade de alguém que se mantém longe, fora de nós, que não nos reconhece e que continua a fugir do óbvio. Não sei do que foges tu, porque não me reconheces, porque insistes em não me ver e quantos anos mais serão precisos para que possas, finalmente ouvir o que tenho para te dizer?
Não sei como é que é possível que possas escolher ficarmos sozinhos, porque a escolha parece passar apenas por ti. Não sei como se faz menos amor, depois de tanto amor feito, de tantos beijos, toques que nos tocavam dentro e sentimentos que não nos recusávamos até nos recusares tu. Não sei como se faz quando simplesmente já não se fez mais e assim mesmo prosseguir...
Eu gostava de poder continuar e de rumar numa outra direcção. Gostava de acordar sem ti na cabeça e na alma. Gostava de já não precisar de gostar de ti mas como não deixas, aqui estou eu, ainda à tua procura!
Não sei como se faz, se soubesse arrancava-te de mim, já, agora!

É inevitável!

É inevitável não sentir a solidão por dentro, estando só. É inevitável não sentir o vazio que eu mesma escolhi, porque entendo que ou tenho tudo do que espero, ou o melhor será não ter nada mesmo!

A vida vai sempre correndo veloz, eu movimento-me para que assim seja, mas eis que chegarão dias que me superam e contra os quais nada mais me resta fazer do que me sentir e escutar os silêncios que criei. Recuso-me a abafar a minha solidão ou mal estar, com os risos e todos os sons que os outros produzem, enganando-me, mesmo que apenas por alguns minutos e fazendo-me sentir mais próxima, mais incluída ou no lugar certo. 
Mesmo sentindo bem dentro de mim, a minha solidão, não quero e recuso-me a deixar-me "enganar", escutando apenas o que me interessa, para no momento seguinte, ou em todos os restantes dias, perceber que era mentira, que essa não era eu, que não é isso que procuro e que não adianta correr atrás do que não me completa.
É inevitável que me questione sobre o que farei …

Pensamentos!

Não tenhas medo de ter medo, por uns momentos!

Vem comigo que eu ensino-te a não ter medo!

Não sou melhor do que tu, mas serei certamente mais corajosa e obstinada. Quando quero sei porque quero e o que preciso de fazer para me manter na corrida, não desistindo após o primeiro sinal de cansaço. Não tenho medo e posso ensinar-te como se faz. Tens que começar por acreditar em quem és. Tens que saber do que és capaz quando te decides na aventura do amor. Tens que te superar para não quebrares. Tens que conseguir olhar para além do hoje, mas não esperando demasiado pelo amanhã. Tens que ser tudo em todos os momentos e isso, obviamente assusta.

O que se espera de ti quando passas a fazer parte da vida de outra pessoa?

Que saibas tudo. Que consigas demonstrar amor em todos os momentos. Que não te deixes influenciar pelos "milhões" de mal-intencionados. Que te recordes das datas e saibas que presentes dar.

Posto assim, talvez consigamos entender melhor porque é que tantos desistem e correm velozes na direcção contrária.

Não ter…

Estou a sentir-te...

Estou de olhos fechados, a sentir-te, com a cabeça ligeiramente inclinada para o meu lado esquerdo, os cabelos afastados e pronta. Podes cheirar o meu pescoço, encostar os teus lábios na minha pele que já se arrepiou apenas com a ideia de ti. O meu peito sobe e desce descontrolado, a respiração vai crescendo e ficando audível.

És tu que me tocas, sempre nos lugares que me deixam a querer-te mais ainda. Ligas-me os botões, permites que toda a energia se descarregue e que cada pedaço do meu corpo reaja. A música que nos envolve e que parece dizer o que não arriscamos com medo de quebrar o momento, é a que faz sentido agora. Escolheste-a para nós, sabes o que preciso e quando, sabes como me deixar pronta para ti e a sentir-te.

Estás a castigar-me, não me dando o que os meus olhos te rogam. Estou desesperada, sinto-me rebentar, mas acedo, obediente, porque já conheço o final, eu toda, a que não te escolheu, mas deixou que entrasses na vida que nunca mais será a mesma.

Estou a sentir-te, vo…

Quando a traição arranca o melhor de nós!

Já todos sabemos que sabor nos deixa um bom beijo, mas ao que saberá a traição?

Não tem um sabor memorável. Não nos deixa vontade de voltar a experimentar. Não nos alimenta e movimenta como faz o amor e não nos impede de sentir uma das maiores dores do mundo.

Porque tinhas que me fazer sentir o oposto de tudo o que já te dei? Porque quiseste escolher não me querer, matando-me enquanto vivia e fazendo-me provar o amargo sabor da mentira?

Quem nos leva o melhor de nós e nos deixa a fragilidade que nos acompanhará por muito tempo, talvez até para sempre, apenas pela incapacidade de olhar para quem acreditou poder ter e ser o melhor, não merece a dor que nos inflige, nem mesmo as lágrimas que escorrem descontroladas. Quem engana, uma e outra vez, com a naturalidade de um toque e a intensidade de um olhar apaixonado, não ama e não sabe nada sobre sentimentos. Quem nos leva para um lugar escuro, pela mão, conduzindo-nos enquanto nos empurra, não merece saber quem teve, porque quando a traiç…

O que fazes quando te apetece estragar tudo?

Será que contas, até 100 antes de estragares tudo?

Nem sempre. Por vezes só apetece deitar tudo para o lixo, sem olhar a consequências. Por vezes o aperto é tão grande e o desespero maior ainda, que apenas queremos manter longe o que está verdadeiramente longe e por isso nos desespera.

Eu acredito que os homens têm um pacto de silêncio maléfico, por isso remetem-se a ele quando não pretende explicar o inexplicável, devastando tudo à sua não passagem, se é que me faço entender. Já as mulheres, são bem menos perigosas enquanto falam, porque quando se calam, estão mesmo sem mais nada para dizer e já não há nada que se possa fazer acreditem.

O que fazes quando te apetece estragar tudo?

Eu corro. Danço. Grito e esperneio. Sento-me e levanto-me, o que for que me sossegue. Nem sempre resulta e acabo mesmo a estragar tudo, vomitando o que está entalado. A sorte é que nunca acumulo demasiado, de contrário originava um homicídio premeditado.

Algumas pessoas nasceram apenas para nos testar a paci…

Temos dias em que os dias se arrastam!

O que fazer com dias demasiado vazios de conteúdo e completamente cheios de tempo?

Não saber como parar quando se para, deixa uma enorme sensação de vazio. Não saber como usufruir do tempo que cresce, dando-nos mais, apenas a nós e retirando dos outros o que não serve, baralha até o que por norma é natural.

Teremos todos dias em que os dias se arrastam e que nada conseguimos fazer para que nos saiam de uma pele sobreaquecida e prestes a entrar em combustão. Não sei se serão os outros esta premência ou urgência em fazer logo, rapidamente e bem, mas sei porque sofro com a falta que o movimento me faz e que não fui feita para me sossegar, talvez porque me sobre demasiado tempo para pensar em ti.

Não quero demasiados silêncios impostos pelo exterior. Não aguento as dúvidas que carrego dentro e que não calo se me calar demasiado. Não tenho forma de mudar o meu formato, se estiver quieta, parada o bastante para perceber o que escondo tão bem. Não tenho porque me faz mal recordar que sou ape…

Pensamentos!

Pensamentos!

Se a vejo...

O que passo a ser quando a mulher que me importa está por perto?

Se a vejo percebo e recordo-me do que me levou até ela e mesmo as dúvidas que me ensombram, sem que as controle, esfumam-se e deixam de se colar a mim!

Olhá-la, ver como se movem os lábios que não me canso de beijar, rir-me com o seu sorriso e permitir que me contagie com toda a sua alegria de viver, torna-me um homem mais real e consciente de tudo o que ganhei quando o destino a colocou no meu caminho. Nada mais parece importar e na verdade não importa mesmo, quando somos apenas nós os dois. O tempo passa devagar quando nos tocamos, quando nos permitimos apenas sentir o outro, mas corre veloz de cada vez que a possuo e a faço gemer, de cada vez que consigo que se venha, uma e outra vez, comigo dentro, porque aí queríamos ambos mais, muito, todo o tempo que nos resta.

Ainda não é completamente minha e não consigo evitar o friozinho que me invade quando arrisco imaginá-lo com um outro que não eu, mas se a vejo a minha alma…