Estamos definitivamente fechados aos outros!

by - maio 14, 2017

Woman Sitting in a Room
Feelme/Estamos definitivamente fechados aos outros!Tema:Relações!

A análise nua e crua da coisa é esta, quem tem parceiro, tem, quem não tem dificilmente arranja. Estamos definitivamente fechados aos outros, Deixámos de acreditar nas relações e alguns de nós sofreram já tanto, que muito dificilmente se voltarão a deixar envolver. Abençoados os que conseguem deixar o coração do lado de lá, sem nunca olharem para o outro como uma pessoa, mas apenas como um meio para atingir um fim. O fim da história é que não é bonito, porque o que conta agora é usar e depois descartar, rapidamente antes que faça mossa.

Não sei se rio se choro, mas é claro que passei a entender melhor os que se vão mantendo em relações desgastadas e mortas, preferem o mal que conhecem, do que um desconhecido cruel e implacável. O medo de nunca mais voltar a sentir o que o início lhes permitiu, mesmo que tivesse terminado, afasta-os de qualquer loucura momentânea.

Já ninguém parece precisar de ninguém. Talvez por isso os T1 estejam a fazer tanto sucesso na Alemanha. Estamos a caminhar, a passos largos para não relações e espaços nos quais mais ninguém caiba. Visto pela perspectiva financeira é aliciante, porque menos com menos vai dar muito mais. Mais dinheiro sobra. Mais tempo para termos tempo. Mais cuidados físicos, idas ao ginásio às 11 da noite, ou correr à meia-noite (quem é que isto me lembra?) Mais horas ao telefone e a responder comentários sem qualquer conteúdo no facebook. Enfim, mais do que tanto quisemos, sobretudo nós as mulheres. Mas será que o quisemos mesmo assim? Eu estou fora. Eu não quero acabar sozinha. Eu não pretendo ficar a falar comigo mesma, o resto da minha vida, só para poder ter o comando da televisão, porque já quase que nem a ligo.

Estamos definitivamente fechados aos outros, e não estou a conseguir ver a luzinha ao fundo do túnel, mas quem sabe não virão por aí novos modelitos...

You May Also Like

0 comentários

Como terminam os meus dias?