Não te zangues, não comigo!

Man on Grassy Field
Feelme/Não te zangues, não comigo!Tema:Sentimentos!
Não te zangues, não comigo. Estou a generalizar, não é pessoal, não passa por ti, por isso não quero que te sintas atingido!

Tens ideia de como aligeiras os meus dias desde que falamos? Contigo consigo rir outra vez e brincar sobre este eterno assunto, que é o Universo masculino e feminino. Por vezes apenas te pico, não para que te zangues, mas para que te sintas vivo, porque se o conseguir estarei a retribuir, um bocadinho o que me dás tu.

Não te conheço bem e quase nada sei de ti, apenas que me bastas para que nos misturemos, durante algumas horas, em cada dia dando o que temos os dois, sem pedirmos nada em troca. Tens-me mantido à tona, colorido dias que já foram bem cinzentos e por isso não quero que te zangues, sorri por favor, acho que o farás quando me leres, porque cada palavra sou eu, em todos os sons que já ouviste até da minha boca.

Não te zangues comigo. Por vezes dás saltos de indignação e chamas-me de miúda estúpida e convencida. Eu rio-me em silêncio porque sei que tens razão. Eu por norma disparo sem olhar aos alvos, apenas porque estou demasiado cheia do tanto que tenho que fazer acontecer. Eu corro e salto pior do que cabra do monte, sabendo que de outra forma o dia não me chegará, mas tu já estás em parte dele. Tu já me libertas de algumas tensões e és tu mesmo que me fazes lembrar que também sou mulher, para além de tudo o resto. Eu queria poder baixar as defesas, mas ainda não estou pronta para me defender sem soltar qualquer palavra. Lá chegarei e tu vais ver.

Desculpa se pareço dura, asseguro-te que é só fachada, mas um dia vais perceber!

You Might Also Like

0 comentários