Tenho que ter o quê?

Resultado de imagem para woman laughing
Feelme/Tenho que ter o quê?Tema:Relações!
Imagem retirada da internet

- Tenho que ter o quê?

Miolos, testa, capacidade de me surpreender, um discurso articulado e nada de cassetes gravadas (agora já são cds). Nada de sem usados, porque eu não sou parecida com ninguém nem me interessa a forma como te diriges às outras, entendido?

Eu sei que é difícil, que dá trabalho rebobinar e ir à procura de mais vocabulário, valha-nos o google, porque senão era de enciclopédia mesmo. Mas não tenho nada a ver com isso, ou és capaz ou não és, o meu tempo é demasiado precioso para o perder com imbecis. Sabes o significado desta palavra? Boa!

Quem gosta e quer alguém por perto, não faz copy e paste, inova, move céu e terra, dá mais voltas ao quarteirão, o que for preciso para chamar a atenção. Quem gosta não usa as mesmas palavras, gastas, vistas e revistas, com quem lhe muda os dias e lhe permite uma perspectiva de futuro. Quem não sente desta forma é um fanfarrão de esquina, e nesse capítulo trama-se comigo porque de palavras percebo eu. Ou voltam para a escola e concluem licenciatura, mestrado e doutoramento, ou morrem, BEM ANTES da praia.

Cada vez encontro mais mulheres assim, que querem porque têm direito, que esperam pelo melhor, porque lixo é no contentor e bem separado (há que ser verde). Não existe qualquer razão para aceitarmos migalhas, ou acham por acaso que o facto de sermos muitas, ( as tais 7 por cada 1, não sei porquê, mas estes números já devem estar desactualizados), nos obriga a condescender e a desesperar? Nada disso e muito pelo contrário, se a oferta existente for mesmo rasca, então mudamo-nos para a outra banda e fica resolvido.

Voltando à pergunta inicial. Tenho que ter o quê? O que precisas de ter é alguma originalidade, um quê de novo e de desafiante. Preciso de algumas razões para que te possa olhar mais do que 2 vezes e a quase certeza de que não me farás arrepender. Porquê? Porque sim. Porque quero. Porque ou é isso ou não é nada. Porque sou eu que mando em mim mesma e por último, mas igualmente importante, porque eu já sei distinguir a cabeça do rabo. Olhem que não demorou assim tanto tempo e se eu consigo...

You Might Also Like

0 comentários

O que quero agora!