Cansaço emocional, físico, desilusão, desgaste e arrependimento!

adult, alone, backlit
Feelme/Cansaço emocional, físico, desilusão, desgaste e arrependimento!Tema:Pensamentos!

Cansaço emocional, físico, desilusão, desgaste e arrependimento.

Os bloqueadores estão por todo o lado e têm como principal função impedir-nos de chegarmos onde queremos. O papel deles é tentar, o nosso é o de não permitir. Parece fácil, mas por vezes trás dores que nos matam, aos poucos, por dentro, impedindo-nos de usufruir em pleno das pequenas vitórias.

Não deveria haver forma de aceitarmos quem não nos aceita. As pessoas vão e vêm, chegam quando fazem falta, e deveriam apenas ir, de uma vez só, quando já nada do que são nos servisse.

Ciclos, tempos, destinos, não sei o que chamar ao que nos chega de forma inevitável, porque o raio da aprendizagem nunca parece estar concluída. Nós não queremos saber do mundo todo, não planeamos mudá-lo nem sequer ser reconhecidos por tal, precisamos apenas de ser deixados no nosso canto, quando ele não for igual ao dos outros.

Ensinam-nos a ajudar, a não deixar cair quem precisa de nós, porque hoje eu amanhã tu, mas determinadas pessoas jamais serão merecedoras, sequer, de um segundo olhar, e toda a energia investida a tentar que sejam, diferentes e melhores, será em vão.

Desistir por vezes terá que ser uma opção, sim. Desistir do que nos polui o ar e nos arranca a pele. Desistir de quem desistiu de si mesmo, enveredando por caminhos sem saída. Desistir de quem não sabe como se parar.

O cansaço é um estado sobretudo emocional e tão frágil, mas felizmente poderá ser rapidamente convertido num sentimento maior. Assim sendo, amanhã e depois, já estaremos muito mais distantes do que quer que tivéssemos tido hoje, uma visão tranquilizadora, que até me permitiu sorrir, pouco, mas de forma visível.

Há que mudar o que nos muda de forma errada. Há que aceitar que por vezes apenas nos tornaremos mais fortes no processo, mais sábios e atentos, por isso nunca será apenas uma perda, não totalmente!



You Might Also Like

0 comentários

O que quero agora!