Dez anos depois...

letter, mail, mailbox
Feelme/Dez anos depois...Tema:Cartas de amor!


Olá meu amor,

Incrível como as emoções são as mesmas, a sensação de um corpo que parece nunca ter saído do meu permanece e tu estás ainda mais bonito que antes. Caramba, estás mesmo bonito!


O teu olhar não mudou, mas é a única coisa que permanece de ti e da pessoa de quem tive tudo o que parecia importar na minha vida. Estás mais homem, com uma barba rala, grisalha, com uma determinação e sabedoria que não sentias quando eras o jovem homem por quem me apaixonei irremediavelmente. Dez anos depois, a forma como fazemos amor continua a ser sincronizada. O toque que descobrimos ambos, suave e desesperado, a mistura de corpos que se tiveram tanto, tudo o que senti foste tu, fui eu e fez-nos bem.


Não sei para quem vou voltar agora. Não sei de que forma encaixarei a minha vida, a que fui levando deixando-a simplesmente passar, correr sem pensar demasiado, porque pensar era voltar a ter-te comigo, de forma tão viva que quase te conseguiria tocar. 


Decidiste escolher por mim, para me poupares às mesmas dores que acabaste a infligir-me. Deverias ter escolhido o que escolhera eu. Deverias ter-te mantido firme, entendendo que só poderia ser feliz se estivesses por perto. Falhaste entender e mesmo conseguindo-o agora, já não vamos a tempo e já não podemos emendar nada. Temos ambos compromissos, pessoas que dependem de nós, temos tudo o que já não pode ser revertido e temos, para durar, um amor que os dez anos não apagaram.

Fomos um do outro estes dias, não os iremos prolongar, mas agora sabemos ambos, que ninguém os conseguirá tirar. Adicionámo-los a todos os outros que escreveram uma história sem final feliz.


Para sempre tua...


Eu