Eu só e apenas contigo!

Nunca pareci ter a coragem suficiente para voltar ao único lugar que sempre nos pertenceu, apenas a nós, onde nunca ninguém nos visitou, porque não permitíamos que perturbassem o amor gigantesco que nos assolava. Na casinha junto ao mar de onde víamos o farol, conseguíamos encher-nos e armazenar para todos os outros dias, sobretudo aqueles em que nos misturávamos com os restantes mortais!

Woman Wearing Blue Denim Jeans Holding Book Sitting on Gray Concrete at Daytime
Feelme/Eu só e apenas contigo!Tema:Sentimentos!

Contigo, cada um dos meus sonhos tornou-se realidade. No primeiro momento em que te prometi que te amaria para sempre e que tudo o que fizesse correria na tua direcção, ficámos unidos e ligados, parecendo que ninguém mais importava ou tinha o poder de nos afastar. 

O que não previ e nunca me atrevi a sonhar sequer, foi que teria que reaprender a viver, que os dias se voltariam a iniciar do zero, para que eu soubesse como ser eu outra vez, sem ti. Já era a ti que pertencia, cada sorriso e olhar vinham sempre da forma mais natural e intensa, de bem dentro de nós, sabendo, tu e eu que nos dávamos da mesma forma e que nos encaixávamos sem manual de instruções. 

Agora, enquanto passeio pela areia molhada e tão gelada que quase me deixa o coração à beira de parar, olho de longe a casa onde nos amámos e onde os nossos corpos deram e receberam tanto prazer que parecíamos rebentar. Experimento a sensação de se terem passado décadas. Prometemos que nunca ficaríamos longe um do outro mais do que o necessário e que nunca escolheríamos algo que não passasse por nós primeiro, mas a vida não concordou, o destino riu-se do nosso atrevimento e levou-te, deixando-me tão nua que jamais uma peça de roupa conseguiu tapar qualquer milímetro do meu corpo dorido.

Não tiveste sequer tempo de me fazer prometer que continuaria sem ti se tivesse que acontecer, e agora enquanto recordo o meu sonho que foste tu, sorrio tranquila porque posso partir também. Não tenho porque ficar e preciso, a partir deste momento, de saber que te voltarei a ter e que me estenderás a mão que me levará até ao corpo que sempre me soube fazer a mulher que não quero continuar a ser sem ti. 



Desisti meu amor, não de ti, mas de me arrastar para o que nunca importará, porque por causa de ti, soube o que significava amar e como te amarei sempre, a partir deste momento desisto de ficar e parto, sabendo que é o certo e que conseguirei voltar a rir, de alma cheia, contigo. Até breve!