8.1.18

O amor é mesmo fácil...

I think my Knight in Shining Armour must be riding a Donkey cause he never seems to get here

Estamos em completa sintonia, eu acredito que o amor pode ser fácil, se estivermos com o mesmo grau de entrega e devoção. Fácil é saber do que sabe o outro e ao que sabe também, mantendo na boca e no coração o que se misturará em nós. Fácil é não procurar o que não existe, reforçando o que já somos e bebendo de cada nova descoberta. Fácil é termo-nos sem pressas, usando o tempo que criamos um para o outro. Fácil é amar e pronto, sem querer perceber o que mais ninguém percebe, porque o amor é inusitado.

Gosto da tua forma de descomplicar, ainda mais, o que me esforço por simplificar. Por vezes rimo-nos ao mesmo tempo, bastando um olhar ou um toque. Como dizemos ambos, já somos crescidos o bastante para nos comportarmos como gente crescida. Fiquei quase incrédula quando te ouvi usar, pela primeira vez, a palavra aligeirar, porque eu aligeiro tudo. Relativizo o máximo que posso e não espero pela magia que não sei fazer. Gosto de ser gostada assim, de forma fácil e facilmente gosto de ti de volta.

Acho que estávamos na hora certa no único lugar possível e que jeito nos está a dar, darmo-nos, um com o outro. Acho que acabei por me provar, sem qualquer plano, que o amor é mesmo fácil!