28.4.18

Toda a gente se apaixona...

I wish that such energy and passion would feel for my work as I feel about you. ;-)


Toda a gente se apaixona. Umas vezes da forma certa, mas já outras, sentindo que tudo é tão errado, que nenhuma razão será capaz de suportar a maior de todas, a loucura momentânea que nos invade e contamina o sangue. Toda a gente se apaixona, nem que seja uma vez na vida e quando acontece, ficamos a saber por que razão lutamos, tanto, por sentir o que mais nada consegue. Toda a gente se apaixona e mesmo que não tenha acertado, certamente que valerá a pena.

Acordarmos sem precisar de procurar por mais nada ou alguém. Ter o dia todo para nós, porque apenas nós parecemos importar e possuir a receita para a felicidade. Respirarmos sem sabermos quando inspirar o ar que não parece bastar e impedindo-o de voltar a sair. Rirmos sem razão aparente, ou tendo todas as que bastam. Chorarmos porque sentimos, e a verdade é que ele pode tornar-se real. Sofrermos por antecipação, ou apenas deixarmo-nos ir, sem qualquer plano válido. 

O que mais nos consegue deixar assim?

Toda a gente se apaixona e quem disser o contrário certamente que ainda não começou a viver!