23.5.13

E se de repente...

Feelme/E se de repente...Tema:Comtos!
Imagem retirada da internet



E se de repente a pessoa que tem estado ao nosso lado, decide que quer e precisa de mais, nos pede em casamento e nós percebemos que não faz parte dos nossos sonhos?

Uau! Nunca pensei que me pudesse importar tanto com uma mudança de estado civil.

Afinal parece que o sagrado matrimónio não foi feito para mim. Fiquei com pele de galinha só com a ideia de me tornar numa "mulher respeitável". Já o João não achou graça nenhuma à minha renitência. Será que já me tomava por adquirida?

- Estamos tão bem assim, porquê mudar?
- Mas afinal o que te assusta? Não te entendo.
- É demasiado permanente, quero que continuemos tranquilos, ligeiros e sem stress.
- Descobriste que afinal não me queres assim tanto?

E largou-me aquele olhar de macho ofendido. O que não conseguem controlar, enlouquece-os.

- Gostar muito de ti passa por ter um anel no dedo?
.- Não se trata do anel, trata-se do desejo de investir, em nós, de fazer planos, de querer algo mais do que dormir em dois apartamentos diferentes, de nunca ter a roupa toda no mesmo sítio. Nunca tenho os boxers das cores que gosto, na altura em que me apetece usá-los.

- É assim tão importante para ti?

O que ouvi a seguir foi um bater ruidoso de porta. Hoje a conversa terminara por aqui, mas avizinham-se momentos complicados. Vamos ver como terminam...

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...