Quantos somos?





Quantos somos? Os que estão sós, sem parceiro, divorciados ou sem... sem?

Tenho alguma curiosidade e preciso de procurar um trabalho sério e actual sobre quantos de nós, homens e mulheres, estamos sem parceiro.

Como será que vivem, que se aguentam nesta enorme selva humana? Como travarão contacto com novos parceiros, e quais serão, agora, as suas expectativas para um novo relacionamento?

Estudo interessante!

Estaremos melhor com, ou sem parceiro? Sem alguém que nos cobre, exija, repare negativamente, nos aponte dedos acusatórios, que traga ao de cimo sempre o pior, o mal que fazemos, que nunca elogie, cuide, afague, ou simplesmente abrace, forte, com sentimento...

Será que vamos querer alguém depois? E como? E quando?

Muitas perguntas sem resposta, por agora!