Ver gente...



As minhas rotinas agora estão todas do avesso, dantes fazia os mesmos percursos, via as mesmas pessoas, reguardava-me, continuava na casca, a ser a "senhora "respeitável e a mãe dos filhos. Agora decidi que como só tenho esta vida, preciso de ser mais eu, de me cuidar e de fazer o que gosto.

Hoje, mesmo com o tempo sem estar de feição, pude ver gente nova, usufruir de outros quadrantes, procurar o meu caminho da felicidade.

Já me prometi que daqui para a frente, eu importo bem mais do que todos os outros, e só com o meu bem-estar, poderei esbanjar prazer, felicidade, alegria...

Vamos a aproveitar o melhor do mundo!