Querem-nos, desejam-nos...

E pronto!


Temos que aceitar, deixar, permitir? Não me parece, temos que querer quem nos quer, desejar bem mais quem parece sentir-nos com a alma...

O mais chato de estar sozinha, é o ter que "ouvir" as conversas moles, as pseudo-tangas, os blá blá, blá que supostamente parecerão interessantes a alguém. Ok, não vou ser totalmente má, há que começar o processo por algum lado, mas pelo amor da Santa, diversifiquem, sejam mais originais, please, não quero morrer sozinha!