A voz, a minha voz!


Feelme/A voz, a minha voz!Tema:Me!
Imagem retirada da internet

A voz, a minha voz! Vivo e alimento-me da minha. O timbre que a comanda por vezes sai assustador e irreconhecível, porque não parece meu, mesmo sendo-o sempre!

Tudo o que tenho por dentro. A forma como me exprimo no meu mundo, O que passo aos outros, profissional e pessoalmente, carrega todos os decibéis que consigo reproduzir.

Amo a minha voz. Amo a forma generosa com que me fez um ser que afinal até canta e bem. Com ela não uso apenas as palavras, porque quando canto sou uma mulher diferente, mais segura de mim. Com a minha voz sou capaz de dar a volta a vários mundos, porque mais do que em muitas outras coisas, sei que tenho um dom e uso-o.

Neste dia, em que as vozes são importantes, em que se celebra uma das formas de comunicação mais bonitas, eu sinto que pelas minhas viagens, sobretudo interiores, tenho conseguido agigantar a minha. Nunca recuso as palavras que apaziguam algumas vidas, vou permitindo que o meu timbre saia da forma que cada um necessita, mesmo querendo por vezes gritar a plenos pulmões que não me conseguiram ouvir, não ainda.

No dia em que os meus sons forem verdadeiramente perceptíveis, então aí conhecerão o meu poder!