Dias e dias...

Feelme/Diase dias... Etiquetas: Sentimentos!

Estes dias em que a chuva se nos entra bem dentro, deixam-nos a pensar e a repensar os nossos percursos, o que poderíamos ter mudado ou simplesmente seguido com o coração!

Por vezes acordo com saudades tuas, a recordar a tua vontade de mim, a que dizias ter, mas que de repente te levou, à mesma velocidade que te trouxe. Sinto saudades da forma como dizias gostar de mim, os milhares de palavras que jorravam de ti e me faziam seguir-te...

Hoje acordei com saudades tuas, não das que fazem doer, mas que me deixam a questionar sobre o porquê da tua vinda, que propósito poderá ter existido em teres entrado assim, arrebatando-me do chão, apenas para me abandonares outra vez.

O desamor leva tempo a curar, deixa-nos vazios por dentro, sózinhos. Já não tenho porque me sentir assim, reencontrei quem procurava, mas não te tirei de mim, nem o farei, porque o amor, esse também leva tempo a conquistar, a receber e se o tive de ti, se te o dei de volta, vou manter as emoções, vou continuar a recordar o que mudou em mim e o que descobri depois de te ter tido.

Se me pudesses ouvir, se conseguisses parar de fugir, de ti, dir-te-ia que te amei como precisavas, mas não me deste tempo para te convencer.

Já não estou sozinha, mas continuo a sentir a tua falta!