E agora?


Feelme/E agora?Tema:Sentimentos!
Imagem retirada da internet

E agora? Como é que te vou reparar por dentro? De que forma reconstruo o que ajudei a quebrar?

Eu sei que não fomos o bastante, um para o outro, menos eu talvez. Nunca fosse minha intenção magoar-te, mas sei que te falei na tristeza que estava tão dentro de mim que não te permitia entrar. A verdade é que nunca tiveste forma de me sarar, de fazer brilhar o sol que preciso para que o meu mundo continue a girar para o lado certo.

No meio de nós estava um gigante. Um ser que valia bem mais do que eu mesma, alguém que tentei arrancar e por quem tantas vezes chorei até que mais nenhuma lágrima se conseguisse produzir. Mesmo de frente a mim, ofuscando-te, ficou quem ainda teima em me ensombrar e quem não me deixa amar quem me ama de volta.

Perdoa-me, a mim que sei tão bem o que significa ser magoado. Perdoa-me não conseguir deitar fora anos de silêncios, aqueles a que nunca me votaste, porque sempre me ofereceste palavras que eu ouvia, que até me mexiam por dentro, mas que não bastavam. Perdoa-me não saber como amar-te.

Não sei como te reparar, mas vou querer que te consigas limpar de mim para que não te magoe como me magoei eu. Arranca-me por favor, cospe cada palavra que ouviste, muda as músicas que dançámos juntos, permite-te a felicidade a que tens direito e que nem eu te devo roubar e perdoa-me por favor, por mim também!