De que fonte bebo afinal?


Feelme/De que fonte bebo afinal? Tema: Me!
Imagem retirada da internet

Pergunto-me isso mesmo, todos os dias, mas ainda não tenho a resposta completa!

Sei que me alimento de todas as reservas que acumulo, de mim mesma, porque gosto de tudo o que sou e tenho. Sou aquela em quem se pode confiar, com quem se pode caminhar em silêncio, porque o entendo, e com quem se pode falar até que se nos seque a boca e só reste o toque que nunca recuso, a ninguém.

Já sou mais uma, duas, três vezes a mulher em que me tornei, porque me multiplico e desmultiplico no que acredito ser o certo, para fazer o meu percurso, aqui, no lugar e no tempo que me "ofereceram".

Fui bafejada pela sorte, encontrei-me, percebi do que falam os outros quando me conseguem ver e passei a ver-me também eu. Não recuso o que sei fazer melhor, porque sei que mudo muitos mundos. Estou atenta à forma como precisam de mim, porque eu irei precisar de que me recebam também, nos dias mais cinzentos, tenho-os, sobretudo para ver com mais clareza e de sorriso bem aberto, todos os outros, aqueles em que o sol me deixa beber, porque ele é uma parte da minha fonte.

Amo-me, mais facilmente agora, e por isso amar-te a ti é natural e a extensão de mim, do que sei fazer e quero fazer para estar bem, comigo, aquela sem a qual não posso viver.

Eu bebo, todos os dias, um pouco mais de várias fontes, e é por isso que ainda me encontro aqui, à tua espera, para que te possa passar as partes de mim que precisas para também seres quem vale a pena!

0 comentários:

Enviar um comentário

Atualizações do Instagram

Subir