Aceita!



- Eu sou o único homem que te pode amar como precisas, e quero-te ao pé de mim!

Era suposto eu ficar aos saltos, certo? Então porque não terei sentido nada, porque me soou a frase feita, a mais uma a juntar a tantas outras que já me fizeram ouvir, será cepticismo?

Até que acredito que possa ser a mulher que algum homem deseja, mas agora tenho muitos mas na minha vida e não me apetece que me digam o que ontem precisava de ouvir. Hoje só quero silêncios,  mesmo que eles me ensurdeçam, porque não me irão impedir de pensar, mas não falem, não digam nada, não me elevem porque eu só quero estar, aqui, bem no chão, com ambos os pés, segura.

Eu sou emocional, preciso de ter alguém ao meu lado, por isso vaticino que não será por muito tempo, apenas durante aquele em que voltar a sentir-me confortável com algumas palavras, as que nunca deverão ser ditas em vão, porque eu não o faço, nunca.

- O que preciso de fazer para que acredites em mim?

Resposta:

- Nada, não digas rigorosamente nada e espera, se achares que valho a pena, espera e quem sabe não te aceito, num dia de sol como o de hoje.

0 comentários:

Enviar um comentário

Atualizações do Instagram

Subir