25.6.15

A zeros!

Feelme/A zeros! Tema:Me!
Imagem retirada da internet

Reverter o contador, pô-lo a zeros e recomeçar!

Não deveríamos ter que explicar o que já tivéssemos feito, quando não nos entendem, então talvez nunca nos tenham amado. Será mesmo assim? Não. Por vezes não falham ver-nos, mas a pequenez, a incapacidade de terem apenas uma mulher, de cada vez, e de se deixarem amar como ainda não experimentaram, mostra-nos, aos que estão do lado de cá, que foram tendo apenas pedaços, migalhas, restos e por isso deram na mesma proporção.

Estou a zeros, de alma lavada, a saber que tenho o que faz falta, que sou quem mereço. Sei que preencho qualquer falha e que não me desbarato, não divido camas apenas por me sentir só, sou EU em todos os momentos, até com as minhas recusas, mas sou EU e ninguém terá porque duvidar.

Sou nova, outra vez, mais solta, não tenho que te procurar, que tentar saber de ti, tirei-te da pele, percebi que nunca tinha estado na tua e senti uma vergonha que quase me fez encolher a um canto e desejar morrer.
Sou a que conheceste antes, mas numa versão melhorada, muito mais pronta, mas sempre com o mesmo carácter e sabendo, agora ainda mais, que não quero magoar ninguém, nem deixar marcas que me sujem a alma. Quero tão somente amar como só eu sei e quero a certeza de que me tiveram, porque me dei.

Já respiro melhor. Já caminho mais confiante e dou comigo a sorrir por dentro, tanto que não me impeço de sorrir por fora. Deixei-te no teu lugar, no mesmo de onde nunca te atreveste a sair. Deixei a tua incapacidade de chegares até a mim e de ficares realmente. Mas deixei, também,  de ter medo que me ficasses dentro, para sempre, e que te fosse sentir, de forma desmedida, a falta.

Estou a recomeçar, do zero, sem recear que seja eu primeiro, e até estar tão reconstruída que o próximo amor se encaixe, de forma natural, como se tivesse estado sempre assim, aqui, comigo. Já te foste, mas eu fiquei e estou a recomeçar!

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...