Que poder tens afinal?

adult, adventure, daylight
Feelme/Que poder tens afinal?Tema:Pensamentos!

De que matéria és feito e de que forma comandas a tua própria vida?

Após uma sessão. motivadora, com o multifacetado escritor, Gustavo Santos, percebi que já tenho nas minhas mãos, de há algum tempo a esta parte o que mais importa na minha vida, o direito a escolher, quem, e o que me faz feliz.

Muitas foram as montanhas que escalei, e mentalidades que combati, ficando por vezes tão isolada, que cheguei a duvidar de mim mesma, mas mal percebi o que realmente me fazia feliz, a escolha tornou-se fácil e nunca mais me importei com o que importa aos outros, porque no final de cada dia, caber-me-à sempre a mim, aceitar-me, renovando-me.

Conhecimento é poder, e sabermos como somos feitos por dentro, que alcance têm os nossos sonhos, o que podemos esperar de nós, no que toca aos desafios, ao novo, ao muitas vezes, desconhecido, confere-nos uma nova forma de ver o mundo e quem nos rodeia.
Gosto de gostar das pessoas, das que se superam, saindo do que conhecem para atingirem fins maiores.
Gosto das pessoas bem dispostas, das de riso fácil, das que não se refugiam nas supostas "desgraças" nacionais, fazendo acontecer, usando as mãos e a alma para marcarem a diferença.
Gosto de saber que levo energias positivas, que estou disponível e que, de alguma forma, consigo iluminar cantos mais escuros, libertando medos que foram implantados, muitas vezes sem escolha, passando uma mensagem simples, "se eu consigo, também o conseguirás tu".

Nada nem ninguém chega até nós por acaso, já o aprendi há muito, mas também sei que teremos que ser nós a perceber que mensagens carregam, descodificando-as e permitindo que produzam o efeito regenerador que nos falta. É possível mudar, não importa a idade, é possível sermos mais, crescermos em contínuo e amarmos em dobro. É possível estarmos em primeiro lugar, sendo os mais importantes, e arrastando connosco os que ainda duvidam que se estamos aqui, será para servir um propósito, e eu exijo que o meu seja grande.

Que poder terei eu afinal? TODO, claro