Conselho masculino!

Feelme/Conselho masculino!


Conselho masculino que eu vou acatar, religiosamente. Os homens ainda não saíram da idade da caça, aquela na qual tinham que palmilhar, sem palmilhas que não existiam na altura, quilómetros e quilómetros para encontrarem a presa. Ora bem, tirando os actuais caçadores, muitos deles de meia tigela, já nada parece ter o mesmo interesse, e já nem a maioria das mulheres dão o mesmo trabalho. Que tédio!

Então isto tudo para dizer o quê? Que quando andam entretidos, os homens, a "caçar-nos", às mulheres, claro está, até fazem escalada em paredes a pique, mergulho em grutas recônditas e muitas outras coisas igualmente extremas, mas que não me ocorrem agora, também porque não sou dos seres mais visuais.

MAS, e há sempre um MAS, mais cedo ou mais tarde, quando nos tornamos previsíveis, submissas e definitivamente caçadas... estragamos tudo.

- Então mas não querem lá ver que deixou de me dar pica? - Fala assim um gajo.

já estou até a esfregar as mãos, depois de ter teclado mais umas palavras, que eu não sou malabarista, o que podemos fazer para contrariar a coisa? Jogar. No sentido literal da palavra, manter o interesse latente e dar uma enquanto tiramos três.

- Explica lá bem isso.
- É assim, hoje ligas, melosa, disponível e aceitas o que te propuser. Amanhã "esqueces-te" que existe, ficas incontactável, e momentaneamente esquecida. O resultado vai ser um homem desesperado atrás de ti e a salivar perante a possibilidade de já estares noutra. Percebeste?

Eu perceber até percebo e como aprendo rápido, vou fazer uns quantos testes, puramente educacionais e informativos, para ajudar o publico feminino. Se eu gostar muito deste novo tipo de caçada, e as probabilidades é de que venha mesmo a gostar, até porque acho que na outra encarnação fui homem, quem sabe não faço disso uma forma de vida. Estou certa de que me darei muito bem, mas depois falamos!





0 comentários:

Enviar um comentário

Atualizações do Instagram

Subir