Não te encolheste, nem quando te partiram!


Não te encolheste, mostraste alguns medos quando te partiram pela segunda vez, mas não te fechaste ao amor e acreditaste que terias um tempo e um lugar.Tens sido uma lufada de ar fresco, para todos e até mesmo para mim quando arrisco desiludir-me, achando que a minha vez nunca chegará.
Tenho-me alimentado do amor que te vejo reflectir e que reflexo maravilhoso chega do teu olhar, das palavras que agora carregas e já sem os medos de antes.

Conheço tão pouco de ti, mas consigo sentir cada pedaço de alegria que espelhas. Não sei praticamente nada do que vives, mas consigo perceber o quanto tudo se encaixou e como encontraste quem te ama, verdadeiramente, tanto quanto te sabias capaz de amar.

Precisamos de nos voltar a encontrar, para que me insufles cada gota dessa coragem de que te envolveste para teres tudo o que recebes, agora, com mérito reconhecido. Precisamos de nos aproximar, para que também eu te passe a certeza que me ficou, da possibilidade que nos caberá a todos, bastando que o queiramos, de ter quem conta do nosso lado e para que não pensemos em desistir do que é importante, porque mesmo que a entrada no caminho não seja a mais fácil, certamente que depois de estarmos no piso que reconhecemos saberemos até se de pés descalços o conseguiremos percorrer.

Este pedaço de mim foi todinho para ti, porque és uma mulher linda, de alma e de corpo, de carácter e de perseverança e porque é desta forma que te sei homenagear. Toda a felicidade do mundo e que cada sorriso teu se multiplique e espalhe para todos nós!

0 comentários:

Enviar um comentário

Atualizações do Instagram

Subir