O que faria por ti?

Feelme/O que faria por ti?


Já foi menos, e até mais. Já foram imensos sentimentos, misturados e saboreados também!

Gostaria de dizer que tudo o que faço é por ti, mas não seria verdade. O que faço, tem-te, isso sim, sempre em mim, porque os minutos não correm sem que estejas em cada um, e porque sei, que à hora que é certa, para os dois, o telefonema chega e a tua voz confirma o que já sabemos, tu e eu.

Tu és quem conheço, cada vez de um modo mais completo, e quase natural, como se de outra forma não pudesse sequer ser possível.
Tu és por quem fui esperando, com algum medo, achando que poderias nem vir a existir.
Tu és quem torna a minha vida, agora, capaz de ser vivida, em pleno.
Tu és com quem eu partilho o copo, meio cheio, de um amor que não terá que transbordar, porque o sentimos da forma certa.

Quem nos conhece, sabe, que há muito pouco que não faria por ti, e sem imprimir qualquer esforço, deixando-me apenas ir, e estando onde e como precisas. Quem nos ouve falar, do nosso amor, consegue perceber que de outra forma, ou com outros, não seria possível, não desta forma. Quem já nos viu chorar, com a falta que nos fazemos, percebeu que ou estamos juntos, ou metade de nós nunca mais será aproveitável.

Não sei se existirão músicas que oiça que não te tragam na melodia, assim como todas as que danço me forçam aos movimentos que repetimos, quando e de cada vez que os nossos corpos se juntam, para um outro tipo de dança.
Já não sei se conseguiria ser desta forma, sem ti, mas sei o que faria, mais ainda, por ti, se o pedisses e precisasses, por isso PEDE, podes, deves, e sou eu que o confirmo.