Cada dia é um dia novo!




Cada dia é um dia novo e diferente, e neste, senti a tua falta, a falta do homem que eu julgava ter tido!

Hoje senti uma infelicidade tonta só de te imaginar. Percebi que nada do que julfuei ver era real. Os teus sentimentos por mim tinham sido projectados, estavas apenas a deixar-te ir, pela pessoa que eu representava, pelo tipo de mulher que me reconhecias, mas que nunca tinhas tido.

Gostei de gostar de ti assim, com as certezas que apenas se quebraram agora. Gostava, tanto,  do som da tua voz e da forma como apenas tu me tratavas, porque eu o permitia. Gostava das esperas, até que chegasses e eu te pudesse ver e tocar.
Gostava de tudo o que dizias gostar em mim.

Cada dia nos é oferecida a possibilidade de recomeçarmos, de melhorarmos e de corrigirmos e é por isso que preciso de parar de viver no passado, esperando o que nunca chegará, ou que a chegar, será por falta de alternativa tua. Já li, e era teu, que o primeiro amor que chega da forma certa, será o último a ir embora e é nisso que me devo focar de cada vez que tiver a pretensão de ser a "única" no teu coração.

Cada dia é um dia novo e cabe-nos a nós fazer algo para que importe mesmo e nos mude, para melhor. Em cada dia sei que vou precisar de me sentir como a escolha certa e não como a possível. Cada dia percebo que esta tem sido a minha lição mais dura, e que apenas tem servido para me deixar mais pequena e mais reduzida ao único amor que existiu entre nós, o meuCada dia serve para que eu saiba que o meu futuro poderá bem retornar ao passado que criei, e que algumas coisas nunca terão como sair da pele, porque arderam demasiado, porque conseguiram que a noite se instalasse e com ela a dúvida que corrói e mata qualquer sentimento, por mais genuíno e intenso que possa ser.

Cada dia é um dia novo para que eu saiba que amar, apenas e por si só, não basta, se não for amada de volta!