16.3.16

De sempre e para sempre!

Feelme/De sempre para sempre!



Não teria forma de te agradecer, mesmo que quisesse, tudo o que tens sido na minha vida, nem o que me tens dado!

Não tenho, ainda, forma de explicar porque manténs as minhas mãos nas tuas, sem as largar quando alguns dos meus amores vieram e foram, quase à mesma velocidade. Não tenho como explicar porque gostas de mim desta forma, mas sei porque gosto eu de ti, e porque sinto que preciso de te agradecer.

Nunca me deixas chorar demasiado tempo, sobretudo com pena de mim. e nunca deixas de me picar, com o teu ferrão de escorpião, quando e sempre que estou errada e faço birras. Mas também estás para as alegrias, e nas alegrias. Estás onde estou eu, mimando-me como só tu consegues, com esse coração do tamanho do mundo que já conheces.

Tive que te agradecer, porque senti uma vontade incontornável de te provar de que forma o respeito, o meu respeito e admiração por ti, têm servido para que me mantenha, sã, e em pé, quando me tentaram derrubar. Por ti, vou melhorando, todos os dias, porque mereces, porque tenho que saber devolver, nem que seja uma ínfima parte, de todas as partes de que és feito e me fazes ser. Por ti, meu amigo, o maior que tive e mantenho, mudarei rotas, acertarei ponteiros, e tirarei mais uns quantos dias, para que o que lançamos ao mar seja o que ele nos trará de volta, de nós, um com o outro, mais da felicidade que merecemos ambos, e mais dos sonhos dos quais não desistimos.

Por ti, hoje, escrevo o que mereces ler, porque és quem eu pedi, e porque pretendo manter o que me chegou, de cada vez que me fez falta!

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...