O que aconteceu?



O que aconteceu? Para onde foram parar todos os nossos planos? O que mudou em nós e porquê? O que aconteceu ao mundo como o sonhámos? Do que eram feitos, afinal os nossos sonhos?

Não sei o que nos aconteceu nem para onde decidimos olhar, agora que deixámos de nos ver. Não sei, nem entendo, os jogos que passámos a usar, um com o outro, permitindo que nos fizessem mal e nos magoassem.

O que aconteceu ao amor que me dizias ter? O que aconteceu a tudo o que já senti por ti? O que aconteceu para que deixássemos de usar as palavras que nos pacificavam os dias?

Mudámos, isso consegui perceber, mas será que nos mudámos, ou que apenas deixámos de querer ser os mesmos, os de antes, quando achávamos que nos conhecíamos Quando o amor falha, ou nos abandona, quando criamos pensamentos que não se ajustam às imagens, fazemos uma de duas coisas, reavaliamos e adaptamos, ou mais simples ainda, desistimos.

O que fizemos, eu e tu?

Já não nos respondemos, deixámos de querer e de sequer entender. O tempo que o meu necessita para correr, não se compadece com os avanços e recuos que o teu provoca. Os meus lados não reflectem os teus, e de cada vez que escolho escolher, tu já não estás por perto.

O que aconteceu e quando, não sei, mas decidi que deveria parar de procurar respostas para as perguntas que já não consigo construir. O que aconteceu mudou-nos, eu sei que mudei e que tu mudaste no processo.  O que aconteceu vai levar-nos ao passo seguinte, depois de nos arrumarmos, fechando o que arriscámos abrir. Done and over with!