20.5.16

Não paro de tentar!

Southern California fine art nude photographer http://LinneaLenkus.com|MYDARKBABY|MYDARKBABY|MYDARKBABY|MYDARKBABY|MYDARKBABY|MYDARKBABY|MYDARKBABY|MYDARKBABY}:
Feelme/Não paro de tentar!


Não quero prosseguir sem ti. Não sei como o fazer, já não, por isso escolho não parar de tentar.

Eu sei que te dei o meu melhor, mas também sei que tenho mais, que consigo, ainda, encontrar outra forma de nos mantermos assim, eu e tu, juntos.

Não quero as dores que me trespassam a pele e a carne quando te imagino longe, distante do mundo que passei a imaginar contigo. Não quero parar de te querer, quero deixar para trás o que não funcionar para nós. Quero que a vida se mantenha, acesa, em movimento, capaz de nos surpreender e fazer sorrir. Quero o som da tua voz, o toque suave da tua pele e os beijos, longos, e meus, quando os recebo. Quero querer-te, assim, e mais ainda, provando-te que és tu e que tens o que me faz falta.

Não paro. Não desisto. Não me escondo, não agora, porque deixou de ser possível.

Quando nos ouvimos. De cada vez que falamos, mesmo que dos outros, sentimos, bem dentro, que estamos, um para o outro e que se nos reencontrámos, então iremos manter-nos. Quando falamos, com as vozes que o outro reconhece, tudo parece ficar no lugar certo, mesmo que não esteja. Quando, nos poucos silêncios, o nosso respirar se reencontra, fazemos sentido. Quando estamos, eu e tu, tudo o resto deixa de contar, mesmo que conte.

Não paro de tentar, não consigo parar de te ter. Não vou parar de tentar, até que peças, e assim mesmo, terá que ser muito, com todas as tuas forças, para que eu acredite.

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...