25.6.16

Lembrar o primeiro dia...

Natalie Portman and a Rolleiflex:
Feelme/Lembrar o primeiro dia...Tema:Relações!
Imagem retirada da internet

Tudo o que nos deixa a pairar, com desejo de mais, com a necessidade de um toque que só terá que chegar, é bom.

Eu lembro-me, a cada dia, do primeiro dia, aquele em que parte do resto passou a encaixar-se naturalmente e tudo o que sobrou nunca mais fez falta. Eu lembro-me, porque não terei forma de esquecer, o primeiro dia em que voltei a ouvir a voz que não ficou lá atrás, mas que até já conhecia. Eu lembro-me, porque esquecer seria esquecer-me do que nos demos quando mais nada parecia conseguir chegar, ou sequer bastar. Eu lembro-me, tal como o fazes tu, de todas as palavras que usámos para nos unirmos ainda mais.

Não foi sempre tudo bom, mas a intensidade, e o desejo que crescia até quase nos rebentar por dentro, nunca cessou de crescer. Tivemos momentos em que quase nos magoámos, irremediávelmente, mas o que nos unia era bem maior do que parecia querer separar-nos. Fomos, apenas um, mas quase sempre dois, a importarmo-nos com o que importava ao outro. Chegámos até onde esperávamos, abraçando-nos, primeiro com receios infundados, e depois com as certezas que apenas conseguem ter os que amam.

Vou lembrar-me, sempre, mesmo do que já vivemos, esperando que para a frente exista bem mais, mais forte e mais capaz de nos deixar onde até já estamos, juntos. Lembrar-me do primeiro dia é o que vou continuar a fazer, mesmo que o destino nos queira forçar a esquecer. Vou lembrar-me porque tu passaste a ser quem tem o que já arrisquei perder.

Agora espero que te lembres também tu...

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...