O meu inverno terminou!

Rylee - wild stare, confused, yet awed. Pale, almost deathly so, like she was nothing more than a ghost. Unlike a ghost that was only seen by those it wanted, however, her striking red hair could draw attention in even the most crowded areas. It's why she usually kept to herself than idled within the town square like most other women, but soon, she would be infamous, and it didn't matter where she hid. All would know her name. Her story.:
Feelme/O meu inverno terminou!


O frio que me inundava e parecia ter-se colado, tão dentro, que pensar de forma diferente, ou sentir com os sentidos libertos, prontos, capazes de verem para além do que tinha parecia ser uma tarefa para um gigante, terminou. O meu inverno terminou quando tu chegaste e me ensinaste a ser amada como sou.

Tu dizes, que a mulher com a qual sonhaste sou eu, mas eu confirmo que tu és o homem pelo qual esperei, pouco confiante, mas num desejo que desejava ver concretizado. Tu dizes que o amor que me tens não terá forma de terminar, e eu digo que amar-te deixa-me a saber que o que sabia estava certo. Tu dizes que sou o teu sonho realizado, e eu sorrio perante a tua capacidade de me veres, mesmo, como sou e ainda poderei ser, mais, bem mais, para ti. Tu dizes que te saibo bem, e eu respondo que tu me sabes ao calor com que deixei terminar o meu inverno e passei a sentir, bem dentro, o que representarás em cada estação.

O meu inverno terminou, e com ele a espera por quem esteve, sempre, à minha espera. O meu inverno terminou, ficou para trás, agora, neste verão que se instalou, seguro, estou com a temperatura que nos permitirá estar, eu e tu.

Querer-te será sempre bem mais do que te digo!