O raio das mulheres!

Feelme/O raio das mulheres!


Isto de ter amigas verdadeiras, por vezes vem como uma enorme benção, ou como um verdadeiro castigo!

O raio das mulheres, que não são de todo complicadas, apenas complexas, pecam pela capacidade de pensarem demasiado, avaliando o que na maioria das vezes não tem avaliação. Quando nos conhecemos, bem, umas às outras, quase que respiramos de igual forma, e quase que sentimos as mesmas dores e desejos. Nós somos mais viscerais, gostamos de nos embrenhar pelos meandros das emoções, aquelas que nos movem, para o bem e para o mal. O raio das mulheres nunca se demovem de opinar, de deixar as outras bem, isto quando são mesmo amigas, bem entendido, e de verem, nas outras, o que conseguiram.

Hoje apeteceu-me aligeirar, e tanto que eu uso esta palavra, porque a realidade tende sempre a parecer mais agonizante do que é mesmo, e por isso estive a ver o filme Mulheres. Caramba como me soube bem rir. Não há dúvida que somos iguais não importa que parte do mundo. Zangamo-nos com a maior das facilidades, mas reconciliamo-nos rapidamente porque não sabemos viver umas sem as outras. As mulheres necessitam de rectaguarda, de quem as entenda, e se misture, como mais ninguém consegue. As mulheres precisam de outras mulheres, para as coisas mais básicas, isto para não falar das coisas verdadeiramente difíceis. As mulheres encontram-se nos mesmos pontos e divergem nos igualmente comuns. As mulheres lutam entre si, mas defendem-se com uma enorme tenacidade.

Pobres dos homens, é que entender, o raio das mulheres será, certamente, uma tarefa que nunca conseguirão dominar. Umas aulitas em conjunto talvez ajudassem, o que acham?

0 comentários:

Enviar um comentário

Atualizações do Instagram

Subir