Deixares-me...

Untitled by Lena Dunaeva, via 500px:
Feelme/Deixares-me...

Deixares-me! Queria que o fizesses, de forma suave, a não permitir que te sinta a falta e por isso terás que deixar-me, já.

Deixares-me, bem antes de todos os sabores que cada beijo nos cola. Deixares-me, bem antes da minha pele se envolver na tua, soprando-me o cheiro que reconhecerei em qualquer canto do mundo. Deixares-me, bem antes de adormecermos, um no outro, envoltos num sonho comum e num acordar real. Deixares-me, bem antes de me deixares no lugar onde ficarei, eu, pequena, sem saber como sair e sem saber como me retomar. Deixares-me, bem antes de te poder ver partir, e por isso terás que partir já. Deixares-me, bem antes de precisar de te implorar que fiques. Deixares-me, bem antes de me veres derramar as lágrimas que nos lavarão, a ambos, um do outro. Deixares-me, por não poderes e por não seres capaz.

Deixa-me, se não fores capaz de me prometer o que já te prometi e não fiques, nem mais uma hora, nem sequer mais um dia, porque eu serei incapaz de resistir...