O paradoxo do 2!

Feelme/O paradoxo do 2!


Quando somos 1, ou seja, apenas nós, decidindo o nosso rumo e prosseguindo pelos caminhos que nos fazem mais sentido, nada, mas mesmo nada parece encaixar-se na versão, 2. É que sermos 2 obriga a ajustarmos tudo. O que dizemos, o que pensamos e até o lado para o qual adormecemos, não pode, nem deve ser igual.

Nós connosco é bem mais tranquilo do ponto de vista das decisões. Nós sabemos o que somos e como nos conduzir. Nós gerimos os humores e lavamo-nos com as lágrimas que não precisamos de esconder de ninguém, porque ninguém irá ver, nem sequer perguntar.

O paradoxo do 2! 

O que pensamos ser a realidade, será talvez a nossa e encaixá-la "obriga" a alguma ginástica mental. "O silêncio é o melhor discurso"; "O nada é tudo", esta antítese das palavras acaba a existir na vida real, porque por vezes, acabamos a dizer uma coisa e a sentir outra completamente diferente.

Como nos poderemos juntar, os 2, e convivermos de forma mais natural, acertando em cada um dos erros que, certamente, acabaremos a cometer? Como sabermos unir as fronteiras do 1, não deixando de existir, mas ampliando a existência?

Tantos  que acabam a desistir do que até os mudaria, para melhor, apenas porque se veêm incapazes de deixar de ser um indivíduo. É esta talvez a nova realidade deste século, mas que é dolorosa quanto real e inevitável...