Ser eu!


Feelme/Ser eu!

Estes 4 anos como blogueira têm-me mostrado uma faceta mais empenhada, criativa e determinada. Fui afortunada o bastante para descobrir algo que me enche e preenche e que faço com ENORME prazer.

Ser eu, a que escreve, mas pensa e ajusta cada pensamento a cada palavra, também se tem revelado um desafio. Ser mulher é igualmente difícil, porque o estigma existe, o preconceito mantem-se e destacar-me, por mim, sem o sexo associado, sendo apenas um ser que escreve, é um trabalho em progresso.

Estou no caminho certo e pretendo continuar a percorrê-lo sendo fiel a mim mesma. Vamos ver o que me reservam os próximos quatro anos!