Talvez...

#Eyes:
Feelme/Talvez...


Talvez até tenha deixado muito por dizer, mas sei que disse sempre o que me ia dentro.

Talvez te tenha deixado menos, bem, mas nunca te deixei a sentir o menos importante, ou em segundo lugar, porque estavas sempre em mim, na minha mente, nas recordações que criámos e no desejo de muitas outras.

Talvez não te tenha amado, sempre, como desejavas, mas sinto que te amei como te senti e olha que te senti, sempre.

Talvez tivessem faltado pequenas coisas, as que não tirei tempo para te dizer e fazer, mas nunca saíste de mim, não desde que passaste a ser mais de metade do que sou, não desde que percebi que poderias ser mesmo tu.

Talvez não te soubesse deixar seguro, mas achei que a minha segurança em relação à forma como te amo bastasse.

Talvez eu te parecesse demasiado resolvida, segura e confiante de mim sem ti, mas a verdade é que apenas quero o que posso manter, e também é verdade que a minha força é proporcional ao desejo de que fiques, por isso pareço bem mais do que sou.

Talvez não tenha dito, vezes que bastassem, que te amo, que és tu e que apenas preciso de precisar de ti, para te continuar a amar.

Talvez nada do que faça ou deixe de fazer baste, para eu te baste e talvez por isso estejamos assim, um sem o outro...