Alguém como tu!

 :
Feelme/Alguém como tu!

Acho que te procurei, não sei bem, mas certamente que terei procurado, não ficou muito claro, mas passou a fazer sentido, sim, até porque vieste até mim!

Alguém como tu, foi capaz de mudar alguém como eu. Mas também foste tu que  tentaste encontrar e avivar um passado mais do que resolvido.
Alguém como tu, chegou, e começou uma revolução que ainda se vai manter, mais algum tempo.

Quantas pessoas ficariam se as conseguíssemos reconhecer ou lhes dessemos uma oportunidade?
Que amores vingariam, se ousássemos olhá-los, sem avaliações exageradas, e esperando, com a paciência necessária?

Alguém como tu passou a fazer sentido no minuto seguinte a te ter "visto" realmente. Estavas-me destinado, eras quem teria que ter chegado, e chegaste porque eu já estaria pronta para prosseguir.

Não estás, aqui, mesmo após tanto trabalho, após esforços diários, navegando ambos de um entendimento constante, para o desentendimento total, porque tens tanto de obstinado quanto de inseguro.
Não estiveste "aqui" de ânimo leve, porque a dada altura tiveste vontade de dar o salto de volta, fugindo do que ajudaste a criar, e refugiando-te no mundo que é tão teu que parece não caber mais ninguém.

Se me querias? Não duvido, nunca o fiz.
Se me conseguirias ter? Essa resposta caber-te-á a ti responder, porque eu não posso ter os dois papéis e eu não te posso convencer do que escolheste não acreditar.
O que posso fazer? Continuar a amar-te da forma que já sentiste, na esperança de que me baste, por hora, e aguardando, paciente, que passes ao patamar seguinte e que comeces a acreditar também em ti.
Por onde deves começar? Pelo princípio, pelo que te levou a ver-me, por tudo o que já conseguiste querer antes, mantendo pelo menos o respeito que acredito merecer.
Queres saber se vou continuar à tua espera? Essa resposta já tu a tens!